Ação desarticula associação criminosa que atuava no ramo naval

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Policiais da Delegacia de Defraudações (DDEF) realizaram, na manhã desta quinta-feira (26/03), uma operação para desarticular uma associação criminosa que atua no ramo naval e pode ter desviado mais de R$ 6 milhões de uma empresa em Niterói. Duas pessoas foram presas e cinco armas apreendidas.

Segundo os agentes, mandados de busca e apreensão foram cumpridos em residências e empresas localizadas em Niterói e São Gonçalo. José Manuel Nunes de Almeida, 65 anos, e José Antônio da Cruz Duro, 57 anos, foram autuados em flagrante por porte ilegal de arma de fogo. Nos locais foram apreendidas quatro CPUs, dois laptops, documentos contábeis, além de duas pistolas, dois revólveres e uma espingarda.

Ainda de acordo com os policiais, as investigações iniciaram em 2013 para apurar a prática dos crimes de associação criminosa, crime contra economia popular, frustração de direito assegurado por lei trabalhista, estelionato e lavagem de capitais. Os autores utilizavam uma empresa como “laranja” com o intuito de lesar uma companhia concorrente.

Eles coagiam os funcionários da empresa lesada a se demitirem sem fazerem jus às verbas rescisórias, além de desviar bens por meio de notas fiscais e ocultar a origem ilícita de infrações penais, chegando a superar o valor de R$ 5 milhões.

You may also like...

Deixe uma resposta