Balão japonês, por Key Campos

E continua o jejum de vitórias dos times Cariocas no Campeonato Brasileiro. E nessa rodada, até o Botafogo ficou sem ganhar na Série B. Agora já são nove jogos na Série A, com cinco empates, três derrotas e apenas uma vitória.

Numa tarde de homenagens ao grande Rivelino, no Maracanã, os artilheiros Fred e Guerrero perderam gols feitos e o placar terminou 0 a 0.

O FLUMINENSE, na reestreia do seu técnico Enderson Moreira, não conseguiu furar o forte esquema defensivo do Corinthians, que voltou a jogar burocraticamente. O Tricolor tem laterais fracos e a zaga… Nossa! Que pixotada hein Gum! Do meio pra frente ainda pode dar caldo, mas a parte defensiva ta complicado e é aonde o técnico terá mais trabalho. Haja trabalho para Enderson!

O Fluminense jogou com: Diego Cavalieri, Renato (Wellington Silva 28’/2ºT) , Gum, Antonio Carlos e Giovanni; Edson, Jean, Gerson (Magno Alves 29’/2ºT), Vinícius (Lucas Gomes 19’/2ºT) e Wagner; Fred. Técnico: Enderson Moreira.

Vasco quebra jejum de gols, mas empata mais uma em São Januário

O VASCO empatou de novo, dessa vez com os reservas do Internacional (1 a 1) e com um jogador a menos do lado Colorado. Mais uma vez em São Januário, o Vasco não conseguiu vencer e na próxima rodada terá um jogo dificílimo contra o Atlético (MG) no fim de semana. O Cruzmaltino já havia empatado em casa (0 a 0) diante do fraquíssimo Cuiabá no meio de semana e esteve perto de perder a vaga na Copa do Brasil no minuto final. Dagoberto muito mal jogando como meio campo, Marcinho não encaixou, e o Gilberto ainda não teve pênalti, então não teve gol.

O Vasco jogou com: Martin Silva; Madson, Luan, Rodrigo e Christianno; Serginho (Lucas – Intervalo) e Guiñazú; Julio dos Santos, Marcinho (Yago 16’/2ºT) e Dagoberto (Thalles 27’/2ºT); Gilberto – Técnico: Doriva.

Fla joga mal, perde do Avaí e entra na zona de rebaixamento

A pergunta que não quer calar: o que o FLAMENGO fez nas duas semanas que ficou em Atibaia-SP? O time é fraco, isso todos já sabemos. Mas será que é mais fraco que o Avai? Que o Sport? Não! Com certeza não é. Esse elenco Rubro-negro não tem condições de chegar na Libertadores e muito menos ser campeão Brasileiro, mas não é time pra ficar na zona de rebaixamento. Claro que é só a terceira rodada, mas o time não tem padrão tático, não tem uma jogada ensaiada, os jogadores jogam longe um do outro, não é um time compacto. Na derrota para o Avai (2 a 1) na ressacada, o time mostrou mais uma vez sua fragilidadeem todos os setores.

O Flamengo jogou com: Paulo Victor; Pará (Luiz Antonio, 22’/2ºT), Marcelo, Wallace e Armero; Cáceres, Márcio Araújo, Canteros (Arthur Maia, 16’/2ºT), Gabriel e Everton (Paulinho – Intervalo); Alecsandro. Técnico: Vanderlei Luxemburgo

[O técnico Vanderlei Luxemburgo foi demitido na noite de segunda-feira (25/05), após derrota para o Avaí, em Santa Catarina]

Fogão empata no Mané Garrincha e chega a 7 pontos na Série B

Na Série B, O BOTAFOGO empatou fora de casa contra o Atlético (GO) em 0 a 0. O time esteve abaixo do esperado e mesmo assim conseguiu empatar e continua no G4. Fica claro que essa história que a Série B é complicada é balela, o nível é bem abaixo da serie A e como já disse aqui, o Glorioso só não sobe se houver um desastre. Mas, tem coisas que acontecem ao Botafogo, que caiu graças a uma atitude radical de seu presidente anterior ao desligar os principais jogadores do time no ano passado. Se não acontecer algo parecido, ou um outro desastre, o time da estrela solitária sobe tranquilo.

O Botafogo jogou com: Jefferson, Gilberto, Renan Fonseca, Diego Giaretta e Pedro Rosa; Camacho (Airton), Willian Arão, Elvis (Tomas) e Daniel Carvalho (Diego Jardel); Lulinha e Bill. Técnico: René Simões.

Resumo da terceira rodada do Brasileirão 2015

Terminada a terceira rodada da Série A, temos como líder o Sport, com 7 pontos (venceu o Coritiba por 1 a 0, em Recife), vice-líder, o Goiás. E entre os oito primeiros do Brasileirão, ainda temos mais dois “intrusos”: Chapecoense e Ponte Preta. Dentre os 4 “intrusos”, o Goiás chama a atenção, pois, foi o único clube que venceu fora de casa (1 a 0 no Palmeiras, diante de 38 mil pessoas), está jogando bem, tem como destaque nesse início o jovem Bruno Henrique e um excelente padrão tático. O Esmeraldino é comandado por Hélio dos Anjos.

A Ponte Preta arrancou mais um empate fora de casa (1 a 1 com o Cruzeiro) e a Chapecoense, sempre forte em Chapecó, ganhou do Santos (1 a 0) na Arena Condá. Sabemos que esses clubes são os famosos ‘balões japoneses’, ou seja, sobe bem no início e depois cai. Por vários motivos, dentre eles elenco, estrutura, camisa e etc… Quando não pinta uma surpresa na Libertadores, o que é raro, essa gordurinha que eles ganham no início, na maioria das vezes os sustentam até o final do campeonato, garantindo a permanência na elite ou uma vaga na Sul-Americana.

O grande lance são os times grandes que já começaram o campeonato próximos à zona de rebaixamento e correm o risco de cair para a Série B no lugar de um dos ‘balões’.

Outros resultados: São Paulo 3 x 0 Joinville; Grêmio 1 x 0 Figueirense; Atlético(PR) 1 x 0 Atlético(MG).

Classificação
Carregando…

Tabela do Brasileirão

Amigos, toda segunda-feira eu estarei aqui expondo o meu ponto de vista sobre os times cariocas no maior campeonato de futebol do mundo, o Brasileirão. Conto com sua atenção. Pode nos enviar sugestões, críticas e reclamações: redacao@correiodacidadeonline.com.br Grande abraço!

Key Campos


A opinião contida neste artigo é de inteira responsabilidade do seu autor. O seu conteúdo não expressa necessariamente a opinião do Correio da Cidade Online.

You may also like...