Com dois gols de Fred, Fluminense vira e goleia o Nova Iguaçu

Fred marcou dois gols na goleada do Flu (Nelson Perez / FFC)

Sobrou emoção na vitória do Fluminense sobre o Nova Iguaçu, na tarde desta quarta-feira, 4, no Estádio Giulite Coutinho, em Edson Passos. No primeiro tempo, tudo deu errado. O time sofreu um gol no ínício, quando dominava a partida, as bolas simplesmente teimavam em não entrar e dois jogadores saíram de campo machucados.

Sobrou até para o massagista Jerônimo, o Gegê, que sentiu uma fisgadada na coxa no momento em que entrava no gramado para atender um atleta. Mas, o segundo tempo veio e a justiça foi feita. O Tricolor, que indiscutivelmente foi superior durante os 90 minutos, virou o placar para 4 a 1 e conquistou seu segundo triunfo em duas rodadas do Campeonato Carioca.

Os gols do Fluminense na partida foram marcados por Giovanni, Jean e Fred (2). Com o resultado, o Time de Guerreiros segue com 100% de aproveitamento no Campeonato Carioca, no topo da tabela de classificação.

Logo aos três minutos, Fred lançou Lucas Gomes, que invadiu a área em alta velocidade e foi derrubado pelo goleiro Jefferson. O árbitro considerou a jogada normal e deu apenas tiro de meta para o Nova Iguaçu. Pouco depois, Wagner cobrou escanteio, Edson desviou e Fred tentou de calcanhar, mas a defesa adversária conseguiu bloquear.

Com mais posse de bola, trocando passes, o Fluminense buscava espaço para penetrar o campo defensivo adversário, quando, aos 16 minutos, Dudu recebeu lançamento de Glauber em contra-ataque e marcou 1 a 0 para o Nova Iguaçu.

Atrás no placar, o Tricolor ainda sofreu uma baixa. Wagner sentiu a perna direita após falta dura de Cesinha, foi socorrido e deixou o campo de maca. Marlone entrou no seu lugar. Apesar do golpe, o time não se abateu e partiu para o ataque. Na cobrança da falta, aos 28 minutos, Jean colocou a bola na cabeça de Fred, que desviou com estilo e acertou o travessão. Cinco minutos depois, foi a vez de Marlone cruzar para Lucas Gomes cabecear e Jefferson fazer uma defesa milagrosa.

Até o fim da etapa inicial, o Fluminense fez uma verdadeira blitz, pressionou muito, mas sem êxito. Antes de o árbitro encerrar o primeiro tempo, o time das Laranjeiras ainda perdeu Renato, que sentiu a perna direita em uma passada um pouco mais larga. Wellington Silva entrou em sua vaga.

O Flu voltou do vestiário com a mesma determinação que apresentou no fim do primeiro tempo. Contudo, desta vez o gol não demorou a sair. O empate foi fruto da insistência de Giovanni. Depois de forçar o goleiro a mandar a bola para a linha de fundo com um chute perigoso, o lateral-esquerdo voltou a arriscar, após a cobrança do escanteio, quando recebeu de Marlone e finalmente venceu o arqueiro adversário: 1 a 1.

O gol de empate não diminuiu o ímpeto ofensivo dos tricolores. Jean, de fora da área, assustou a equipe adversária com uma bomba aos 26 minutos. Logo em seguida, Lucas Gomes e Marlone também tiveram chance de marcar o gol da virada.

O maior volume de jogo do Fluminense só foi convertido em vitória aos 36 minutos, quando Jean recebeu boa bola na esquerda e bateu com precisão para estufar a rede adversária. Aos 42 e aos 46, Fred deu números finais à partida. Primeiro, marcando um golaço após receber linda bola da Marlone. Depois, de cabeça, aproveitando cruzamento de Vinícius.

NOVA IGUAÇU 1 X 4 FLUMINENSE

Nova Iguaçu: Jefferson; Cesinha, Rhayne, Jorge Fellipe e Rodrigues; Filipe, Luan,Dieguinho e Glauber (Carlos Henrique); Dudu (Oliveira) e Wescley (Marlon).
Técnico: Eduardo Allax.

Fluminense: Diego Cavalieri; Renato (Wellington Silva), Victor Oliveira, Henrique e Giovanni; Edson, Jean, Vinícius e Wagner (Marlone); Lucas Gomes (Robert) e Fred.
Técnico: Cristóvão Borges.

Estádio: Giulite Coutinho, Edson Passos.

Cartões amarelos: Wescley, Cesinha, Luan.

Gol: Dudu (Nova Iguaçu) ; Giovanni, Jean e Fred (2) (Fluminense).

Público pagante: 4.719

Público presente: 5.678

Renda: R$ 94.429,00.

You may also like...