Complexo Caio Martins investe na formação de novos talentos

  •  
  •  
  •  
  •  



O Complexo Esportivo Caio Martins, administrado pela Superintendência de Desportos do Estado do Rio de Janeiro (Suderj), oferece 24 projetos esportivos em suas dependências, que atendem, aproximadamente, 1,8 mil alunos. Alguns deles visam à iniciação ao esporte e outros focam no alto rendimento. É o caso da Luta Olímpica, uma das modalidades mais antigas dos Jogos Olímpicos, ao lado do Atletismo.

Desenvolvido pelos professores Flávio Cabral e Tânia Regina, membros da Confederação Brasileira de Lutas Associadas (CBLA), o projeto atende 40 alunos com faixa etária entre 10 e 23 anos.

– Nosso foco são as competições. Um dos grandes objetivos a médio prazo é montar um grupo de atletas para a disputa, em 2018, dos Jogos Olímpicos da Juventude, em Buenos Aires. Uma característica muito marcante da Luta Olímpica é a força de vontade e autoconfiança. Além da técnica, nosso trabalho vai muito no psicológico dos alunos para que tenham perseverança em tudo que fazem. O esporte é o reflexo da vida – afirmou Flávio Cabral.

Fabiana Chaves, de 18 anos, é um dos destaques da turma. A atleta é campeã sul-americana, tetracampeã brasileira e é a atual campeã dos Jogos Escolares da Juventude, título que conquistou em 2014, em João Pessoa, após vencer os Jogos Estudantis do Rio de Janeiro.

– Estou treinando para ter uma boa colocação no Pan-Americano, que será em maio. Se for bem, posso ter chance para o Mundial da modalidade, que será no Brasil, em agosto. Estou confiante – disse Fabiana.

Luta Greco Romana no Caio Martins-7Joílson de Brito começou a praticar o esporte na escola e, aos 16 anos, o adolescente já é tricampeão brasileiro. Segundo o atleta, é fundamental estabelecer uma meta a ser alcançada.

– A luta já me abriu muitas portas. Duas oportunidades me marcaram bastante: viagem a Cuba para um campeonato e outra ao México, onde treinei por 20 dias. Meu objetivo é ser um campeão mundial e, por isso, é preciso ter muita dedicação e foco – explicou Joílson.

You may also like...