Definidos os finalistas das categorias Pro Junior e Feminino do Itacoatiara Pro 2017

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Nicole Calheiros fará a final com Ayaka Susuki, enquanto entre os atletas até 18 anos a disputa será entre dois brasileiros e dois chilenos | Tony D´Andrea/Itacoatiara Pro

Em seu terceiro dia de competições, o Itacoatiara Pro definiu os finalistas do Feminino e do Pro Junior neste sábado (17). Desta forma, vão brigar pelo título entre as meninas, Nicole Calheiros (Brasil) e Ayaka Suzuki (Japão), já nos atletas até 18 anos, chegaram a grande decisão Igor de Almeida (Brasil), Luan Tavares (Brasil), Cristobal Fernandez (Chile) e Nelson Flores (Chile). Sem previsão de ondas para este domingo (18) e segunda-feira (19), a direção de prova interrompeu a sequência do torneio que será retomado na terça-feira (20), com previsão de ótimas condições para a disputa da elite mundial, com ondas a partir de 2 metros. Distribuindo R$100.000,00, uma das maiores premiações do Circuito, e 5.000 pontos no ranking a etapa brasileira do APB World Tour chega a sua sexta edição e tem prazo até o dia 25 de junho, domingo, para ser encerrada.

Com um sábado de sol, temperatura na casa dos 20 graus e sem vento, as disputas tiveram início logo pela manhã com os meninos do Pro Junior caindo na água. Foram realizadas as últimas quatro baterias do Round 1, antes de chegar a vez das mulheres ganharem o mar de Itacoatiara. Na categoria feminina, que teve o tempo de 25 minutos para cada bateria, 13 atletas iniciaram a disputa e logo no Round 1, cinco competidoras ficaram pelo caminho.

Na primeira bateria, Nicole Calheiros (Brasil) não deu chances para as adversárias e liderou do início ao fim, passando em primeiro, com Paloma Freyggan (Chile) na segunda posição. Na segunda bateria, Paola Simão (Brasil), Teresa Almeida (Portugal) e Dalete Mousinho (Brasil), protagonizaram uma disputa onda a onda até os minutos finais, que terminou com a portuguesa em primeiro e Paola em segundo. Já na terceira bateria das meninas, a japonesa Ayaka Susuki ditou o ritmo da disputa, assumiu a ponta para não mais largar. As brasileiras Taty Menezes e Mariana Motta terminaram em segundo e terceiro respectivamente. E na quarta bateria, as brasileiras Maria Helena Tostes e Patrícia Setubal, garantiram vaga na próxima fase ao superar a chilena Yanira Silva.

A partir das quartas de final, a organização intercalou as fases das categorias, para que os atletas tivessem um maior tempo de recuperação. Passadas as quartas, veio a maior nota do evento. Logo no início da primeira semifinal do Pro Junior, Igor de Almeida pegou um tubo, seguido de um rolo e tirou 9,0, somando 14.25 no total.

“Foi muito emocionante chegar nesta final, depois de bater na trave por dois anos e hoje Deus mandou uma boa onda e consegui realizar boas manobras para chegar na final”, comentou o atleta.

O carioca Igor de Almeida terá a companhia do também brasileiro Luan Tavares e dos chilenos Cristobal Fernandez e Nelson Flores na grande final do Pro Junior.

Nas semifinais do feminino, Nicole Calheiros superou a chilena Paloma Freyggan e foi a primeira atleta a garantir vaga na grande final do evento.

“Até o último momento eu não sabia se iria competir, por conta do meu filho que sofreu um acidente e fiquei bem desfocada de campeonato, mas tenho um carinho especial pelo Itacoatiara Pro e para mim foi uma surpresa a diminuída do mar, o que para nós meninas é bom, mas ele segue difícil, pois Itacoatiara é sempre Itacoatiara. Estou em uma final, estou super feliz, fazia um tempo que eu não fazia final de mundial e agora é ter foco total para a grande final”, festejou.

Na outra semifinal do feminino, a japonesa Ayaka Suzuki que empilhou brasileiras durante todo o dia, superou a local Maria Helena Tostes e se credenciou para mais uma final do Itacoatiara Pro. Vice em 2016, Ayaka já avisou que pretende conquistar a edição 2017 do torneio.

Na disputa pelo terceiro lugar, a brasileira Maria Helena Tostes levou a melhor sobre a chilena Paloma Freyggan.

“É uma felicidade que não cabe dentro de mim ter conquistado esse terceiro lugar e tenho treinado muito para isso e sempre buscando me superar”, declarou, feliz, Maria Helena Tostes.

Sábado de bom público nas areias de Itacoatiara

Esperado pela organização, o fim de semana chegou com um sol clássico. O fluxo natural da Praia de Itacoatiara se somou ao público que veio prestigiar o evento, registrando um bom número de espectadores durante todo o dia de evento.

As amigas mineiras Luiza de Medeiros de 25 anos e Ana Clara do Nascimento de 24, vieram passar férias no Rio de Janeiro e durante visita a Niterói, aproveitaram para conferir o Mundial de Bodyboard em Itacoatiara.

“Só conhecia Itacoatiara por fotos, realmente é uma praia muito bonita. Ao chegar vimos e que estava rolando o evento e aproveitamos para ficar perto da área de competição para ver as disputas”, comentou Luiza.

“É a primeira vez que tenho a oportunidade de ver um evento desses de perto, fiquei muito feliz de conhecer Itacoatiara e curtir o Mundial”, relatou Ana Clara que assim como a amiga é de Belo Horizonte.

Disputas devem retomar na próxima terça-feira

Sem previsão de ondas para este domingo (18) e segunda-feira (19), a direção técnica do evento optou por deixar esses dois dias sem competições para retomar os trabalhos na próxima terça-feira (20), quando o mar deve ter ondas a partir de 2 metros, com tempo bom e sem previsão de chuva para a Região Oceânica de Niterói.

“Teremos cinco dias de ótima formação bem sólida, e poderemos escolher exatamente os melhores dias de competição para os melhores do mundo. Não tem previsão de chuva a perspectiva é de tempo muito bom. O planejamento do campeonato coma realidade da previsão, tem tudo para transformar esse campeonato num marco dentro da história desse campeonato e do circuito mundial também”, disse Chico Garritano, Head Judge do Circuito Mundial da APB.

Organizador do Itacoatiara Pro, Giuliano Lara aproveitou que o mar vai melhorar no início da semana para convidar o público a prestigiar o evento.

“Convido todo o público pois na próxima terça-feira teremos uma nova chamada, a tendência é que o mar suba durante o dia, mas teremos de terça-feira, até domingo, quando termina a janela, para escolher três dias para realizar o main event e as previsões estão bastante boas, com ondas em torno de 6 pés, que favorece o pico. A expectativa é de praia cheia e a gente fazendo o máximo para entregar um evento que Niterói merece”, disse Giuliano Lara.

Guilherme Tâmega promove palestra motivacional

O hexacampeão mundial Guilherme Tâmega ministrou na noite deste sábado (17) uma palestra motivacional onde passou um pouco dos seus conhecimentos para os presentes. O evento foi realizado no Plaza Shopping, na área de ativação do Itacoatiara Pro.

O showroom do Itacoatiara Pro, está localizado em uma loja na praça do cinema no Plaza Shopping, em frente ao restaurante NOI, onde está exposto todo o histórico da competição, fotos, vídeos e está sendo oferecido ao público entretenimento e brindes. No local, no outro fim de semana, dia 24/06, acontecerá o torneio internacional de Youriding, videogame de bodyboarding onde os atletas irão competir o Itacoatiara Pro virtualmente.

Itacoatiara Pro 2017 – Galeria de campeões
2012 – Dave Winchester (Austrália)
2013 – Amaury Laverhne (Ilhas Reunião)
2014 – Jared Houston (África do Sul)
2015 – Amaury Laverhne (Ilhas Reunião) e Tanner McDaniel (Havaí – Pro Junior)
2016 – Alex Uranga (País Basco), Isabela Sousa (Brasil) e Diego Gomes (Brasil – Pro Junior)

Ranking Mundial após duas etapas:
1. Jared Houston (África do Sul) – 4000
2. Garth McGregor (Austrália) – 3840
3. Jeff Hubbard (Havaí) – 3440
4. Alex Uranga (País Basco) – 3400
5. Mike Stewart (Havaí) – 3360
6. Dave Hubbard (Havaí) – 2720
7. Amaury Lavernhe (Ilhas Reunião) – 2440
8. Paul Blaz (Austrália) – 2400
9. Patrick Orr (Havaí) – 2320
10. Tanner McDaniel (Havaí) – 2240

Leia também

1 Response

  1. Thanks for your blog post. What I would like to add is that laptop memory needs to be purchased in case your computer can’t cope with anything you do by using it. One can deploy two good old ram boards with 1GB each, by way of example, but not one of 1GB and one having 2GB. One should always check the maker’s documentation for one’s PC to make certain what type of storage is required.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *