Governo discute melhorias com comerciantes de Alcântara

  •  
  •  
  •  
  •  



Estima-se que mais de 100 mil pessoas circulem pelo bairro Alcântara todos os dias. O bairro, que é um dos pontos comerciais mais dinâmicos do município de São Gonçalo passa por uma intervenção de ordenamento. Visando expandir esta ação, uma reunião foi realizada na secretaria municipal de Governo, Comunicação Social e Postura, na manhã desta quinta-feira (09) com representantes das secretarias de Infraestrutura, Transportes, Guarda municipal, subsecretaria de Agricultura e comerciantes de Alcântara, para discutir melhorias no fluxo comercial da região.

Dentre as pautas da reunião estavam a padronização das barracas de vendedores ambulantes, o estacionamento de veículos de forma irregular nas vias de passeio, o comércio ilegal de mercadorias próximos aos comércios legalizados e maior efetivo de guardas municipais a partir das 18h.

De acordo com Fabiano Rodrigues, presidente da Associação dos comerciantes de Alcântara, atualmente o bairro possui 2.100 pontos de atividade econômica, até a Avenida Maricá. Para ele, o trabalho em conjunto com o poder público já vem mostrando resultados.

“É importante esse trabalho em conjunto. Tudo o que o Governo puder fazer em benefício da população é de extrema importância. O fluxo de pessoas que circulam no centro comercial é intenso, por isso a fiscalização deve ser com maior intensidade. A Prefeitura tem atendido as nossas reivindicações, mas acreditamos que é preciso sempre melhorar e avançar. Esperamos que reuniões como essa sejam constantes”, ressaltou.

A próxima reunião já foi marcada para o dia 11 de agosto. Segundo o secretário da pasta, Sandro Almeida, um planejamento de revitalização está sendo elaborado para o bairro.

“O objetivo da reunião é buscar soluções de forma conjunta, e só fazemos isso ouvindo a população. Alcântara é um bairro que precisa de repaginação e investimento. Por isso estamos trabalhando pela repaginação do bairro. Já estamos realizando um estudo e pretendemos abrir uma licitação pública para dar início às obras de revitalização”, destacou.

You may also like...