Inea apreende 37 pássaros silvestres mantidos em cativeiro em Maricá

  •  
  •  
  •  
  •  

Uma operação deflagrada nesta terça-feira (15/3) por equipe do Parque Estadual da Serra da Tiririca, administrado pelo Instituto Estadual do Ambiente (Inea), resultou na apreensão de 37 pássaros silvestres, no município de Maricá, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro.
Durante fiscalização no loteamento São Bento da Lagoa, situado na zona de amortecimento da unidade de conservação, em Maricá, os técnicos encontraram, em uma casa, as aves que eram mantidas em cativeiro, além de 15 alçapões (tipo de armadilha para capturar passarinho) e várias caixas utilizadas para fazer o transporte desses animais. Ninguém foi preso.
As aves deverão serão levadas para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), em Seropédica para avaliação do estado de saúde. Após esse procedimento, os pássaros serão devolvidos à natureza.

 

Itaocara – Uma pessoa foi detida, 14 pássaros silvestres e duas espingardas foram apreendidas. Este foi o resultado de uma operação deflagrada, na última terça-feira (15/3), por policiais da Unidade de Policiamento Ambiental (UPAm) do Parque Estadual do Desengano, administrado pelo Instituto Estadual do Ambiente (Inea), em Laranjais, no município de Itaocara, no Noroeste Fluminense. A fiscalização foi realizada a partir de denúncia de prática de caça e possível tráfico de animais silvestres nessa região, situada no entorno da unidade de conservação.
Ao chegarem na localidade conhecida como Laranjais, os policiais flagraram as aves em cativeiro, sem a devida autorização de órgão ambiental e as espingardas na residência de J.S.M., de 57 anos, que foi detido e conduzido à 135ª Delegacia de Polícia (Itaocara) onde prestou esclarecimentos.
Ele responderá por crime ambiental e posse ilegal de arma com base na Lei 10.826/2003 (Estatuto do Desarmamento), Artigo 12 (posse irregular de arma de fogo), e Lei 9.605/1998 (Dispõe sobre as sanções penais e administrativas derivadas de condutas e atividades lesivas ao meio ambiente), Artigo 29 (trata, dentre outros, da prática da caça de animais silvestres bem como de espécies da fauna silvestre em cativeiro ou para comercialização).
Os pássaros apreendidos foram levados para o Núcleo de Estudos e Pesquisa em Animais Selvagens (Nepas), da Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf) onde passarão por período de quarentena para avaliação do estado de saúde e, posteriormente, serão devolvidos à natureza.

You may also like...