Jejum de vitórias já preocupa Cariocas no Brasileirão, por Key Campos

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Preocupante a situação dos cariocas na Série A nesse inicio de Brasileirão. “Ah, mas é apenas a segunda rodada” diria um amigo meu, e nessa rodada nenhum carioca venceu. Já foram 6 jogos ao todo, com 1 vitória, 3 empates e 2 derrotas. Sinal de alerta ligado.

O FLAMENGO, que colocou 35 mil pessoas no Maracanã na partida contra o Sport Recife, mostra os mesmos do ano passado, sem inspiração, apostando muito na velocidade de seus atacantes, não conseguiu se impor diante do Sport, chegou a estar perdendo por 2 x 0 e só conseguiu arrancar um empate graças ao recuo excessivo do time pernambuco.

Com muita raça, Canteros e Éverton marcaram para os cariocas. Mas, a perda do goleiro Magrão por contusão, ajudou muito, como já tinha feito as três substituições que tinha direito, Diego Souza foi pro gol e acabou sendo herói, fazendo uma defesa no último lance do jogo, segurando o empate.
O VASCO definitivamente percebeu que o Brasileirão não é o carioca, mais um empate em 0 x 0, desta vez com o Figueirense, em Florianópolis. O técnico Doriva consegue montar um time fechado, explorando os contra-ataques, mas sem poder ofensivo. O mesmo Doriva foi campeão paulista pelo Ituano, no ano passado, assumiu o Atlético (PR) e não conseguiu dar sequência, acho que apesar do time vascaíno não ser essa maravilha toda, pode render mais.

O FLUMINENSE apático, tomou uma chinelada, um vareio do Galo. Como citado na semana passada, o time tem uma espinha dorsal, mas não tem um padrão tático, sofreu pra se classificar para as finais do carioquinha, sofreu pra ganhar do fraco Joinville. E foi dominado pelo Atlético(MG) durante todo o jogo de hoje, disputado em Brasília. Placar final: 4 a 1 pro time mineiro. E poderia ter sido de mais.

É só o começo, mas os times do Rio tem que ligar o sinal de alerta agora mesmo, pois o campeonato não tem tempo pra recuperação, só jogos difíceis, nossos times estão jogando mal, o que preocupa e muito. Fluminense e Vasco já caíram mais de uma vez, o Botafogo já está la, e o Flamengo sempre batendo na trave.

Série B

O Botafogo deitou e rolou em cima do CRB 4×0. Acho que o Fogão sobe tranquilamente, o Lulinha estreou bem, já marcando, se continuar com essa seriedade, sobe fácil.

Guerra é Guerra

Década de 80. Auge do rock brasileiro, mudanças no país. Futebol vistoso com muitos craques desfilando nos gramados brasileiros. Libertadores competição que começava a ficar mais ambiciosa pros clubes brasileiros. E a gente sempre escutava da IMPRENSA, TORCEDORES e até JOGADORES e DIRIGENTES: LIBERTADORES é GUERRA, tem que saber jogar, e etc..

Em 1981, Flamengo trava uma verdadeira “guerra” (foto) com o Cobreloa (Chile), o Grêmio em 1983, o São Paulo também sofreu. Trinta anos se passaram e a “guerra” continua… Uma vergonha que aconteceu essa semana no jogo Boca Juniors x Ríver Plate. A CONMEBOL deveria aproveitar a oportunidade e acabar com essa “guerra”. Acertou em punir o Boca Jr., eliminando-o da competição. Punições precisam ser severas. Quem sabe um dia não teremos o glamour de uma Champions.

Amigos, toda segunda-feira eu estarei aqui expondo o meu ponto de vista sobre os times cariocas no maior campeonato de futebol do mundo, o Brasileirão. Conto com sua atenção. Pode nos enviar sugestões, críticas e reclamações: redacao@correiodacidadeonline.com.br

Grande abraço!

Key Campos


A opinião contida neste artigo é de inteira responsabilidade do seu autor. O seu conteúdo não expressa necessariamente a opinião do Correio da Cidade Online.

You may also like...