Mergulhão José Vicente Filho é aberto ao trânsito

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Leonardo Simplício / Prefeitura de Niterói


O Mergulhão José Vicente Filho, na Praça Renascença, foi inaugurado neste sábado (19) e aberto ao trânsito no final da manhã, já melhorando a mobilidade na região onde está localizado. A obra foi executada pela Ecoponte, como contrapartida pela concessão da Ponte Rio-Niterói, em parceria com a Prefeitura de Niterói. Além do prefeito Rodrigo Neves e de representantes da Ecoponte, a cerimônia de inauguração contou com a presença do Ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, representantes do Ministério dos Transportes, do vice-prefeito do Rio de Janeiro, Fernando Mac Dowell, deputados, secretários municipais e vereadores, além da família do ex-vereador José Vicente Filho.

O prefeito Rodrigo Neves destacou a importância do mergulhão. “Hoje foi um dia especial para Niterói. Essa obra era esperada há décadas e vai melhorar muito a mobilidade de quem mora no Fonseca, na Engenhoca, no Barreto e na Ilha da Conceição. E eu fico orgulhoso porque essa obra é resultado da união de esforços, de parceria. E essa é uma marca da nossa gestão, a busca de resultado, de transparência e união de esforços”, disse Rodrigo Neves.

Rodrigo Neves lembrou ainda que o mergulhão vai melhorar a mobilidade em Niterói e as pessoas vão gastar menos tempo no deslocamentos. “O mergulhão José Vicente Filho vai melhorar muito a mobilidade no Centro e na Zona Norte da Cidade. E melhorar a mobilidade no trânsito é melhorar a qualidade de vida. As pessoas vão perder menos tempo no trânsito para ficar mais tempo com suas famílias”, disse.

O ministro Moreira Franco disse que a inauguração deste sábado simboliza o sucesso da política de privatizações do governo federal. “Essa obra representa o acerto na política de concessões, com contrapartidas que beneficiem a população. Ela mostra a qualidade do serviço prestado pela concessionária em parceria com a prefeitura que vai melhorar a vida do niteroiense”, destacou o ministro.

O mergulhão foi aberto ao trânsito ao termino da solenidade, no final da manhã, e já mostrou sua importância. Em poucos minutos foi desfeito o engarrafamento do Centro em direção à Zona Norte da cidade e a São Gonçalo. Durante a semana, o mergulhão deve desafogar o tráfego na região, facilitando, inclusive, o fluxo de centenas de ônibus que seguem diariamente do Terminal Rodoviário João Goulart em direção à Zona Norte e a São Gonçalo. No sentido contrário, ficará mais fácil o acesso à Avenida Jansen de Mello.

A construção do mergulhão é uma obra da Ecoponte, como contrapartida pela concessão da Ponte Rio-Niterói, em parceria com a Prefeitura de Niterói. A passagem subterrânea escavada sob a pista sentido Fonseca da Avenida Feliciano Sodré tem cerca de 500 metros de extensão (150 metros de trecho subterrâneo) e levou dez meses para ficar pronta.

A NitTrans atuará no entorno do mergulhão neste final de semana com sete agentes, sendo dois na entrada e um na saída do mergulhão; dois na Jansen de Mello (próximo ao supermercado Guanabara) e dois no Ponto Cem Réis; além de duas viaturas; uma moto e dois reboques (um leve e um pesado). Esse esquema de trabalho deve ser mantido ao logo a semana até que os motoristas se familiarizem com as novas rotas.

Mudanças
Quem sai de Icaraí e do Centro em direção à Alameda São Boaventura passará a contar com três alternativas para acessar a via. Já quem vai para a Avenida do Contorno, basta seguir pela Jansen de Mello. Os motoristas que seguem para a Alameda pela Marquês do Paraná podem acessar a Rua São Lourenço, Avenida Benjamin Constant e a Rua Padre Leandro (atrás da igreja São Lourenço, no Ponto Cem Réis) chegando à Alameda. Outra alternativa é seguir pela Avenida Jansen de Mello, acessar a Rua Desidério de Oliveira e a Avenida Washington Luiz. E a terceira é seguir pela Jansen de Mello, acessar o retorno próximo ao 12 BPM, virar a direita na Rua Heitor Carrilho (rua da Imprensa Oficial) seguir até a Rua Manoel Pacheco de Carvalho e acessar o mergulhão.

Para os motoristas que vêm da Contorno e da Alameda e precisam voltar para a Contorno, terão que acessar o retorno na Praça Renascença (embaixo da Ponte Rio-Niterói). E os motoristas que fazem este trajeto e precisam seguir para Icaraí e Centro, devem acessar a Avenida Feliciano Sodré e a Avenida Jansen de Mello, como está sendo feito atualmente, ou seguirem direto pela Avenida Feliciano Sodré.

Quem sai da Ilha da Conceição em direção à Avenida do Contorno ou Alameda São Boaventura deve seguir pela Avenida Feliciano Sodré, Jansen de Mello, dobrar à direita na Rua Heitor Carrilho até a Rua Manoel Pacheco de Carvalho e acessar o mergulhão.

Meio ambiente
A Praça Renascença será entregue à população reformada assim que o canteiro de obras for retirado, com tratamentos paisagístico e urbanístico refeitos pela concessionária. O investimento é de R$ 70 milhões. Cento e trinta e seis árvores foram suprimidas para realização da obra, com compensação ambiental de mil árvores de espécies nativas de Mata Atlântica (no entorno da obra e nos taludes próximos à praça do pedágio).

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *