SG: Nanci antecipa e paga todos os salários de janeiro

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O prefeito de São Gonçalo, José Luiz Nanci, inicia seu governo já cumprindo a meta de não atrasar os salários do calendário 2017. Nesta sexta-feira (27), a Prefeitura antecipou o pagamento dos salários de janeiro de todos os funcionários ativos, aposentados e pensionistas.  O valor bruto da folha foi de aproximadamente  39 milhões.

“Herdamos a prefeitura com um montante de dívidas altíssimo e poucos recursos. Graças ao aumento da arrecadação, conseguimos pagar o salário desse mês integralmente, além de termos antecipado a data, marcada sempre no 5º dia útil do mês”, afirma José Luiz Nanci, prefeito de São Gonçalo.

De acordo com o secretário de Fazenda, Eduardo Combat, a Prefeitura continua enfrentando grandes dificuldades em relação ao fluxo de caixa.  “Apesar das limitações, o prefeito determinou prioridade no pagamento deste mês. E ressaltou que devemos priorizar o pagamento dos salários por todo o ano”, garante Combat.

13º salário também foi pago – No dia 9 de janeiro, a Prefeitura pagou o 13º dos servidores ativos e, quatro dias depois, também quitou dos aposentados e pensionistas. Não mediram esforços para também honrar com o pagamento de dezembro – mais uma das inúmeras dívidas assumidas da gestão passada.

Dezembro parcelado – A proposta colocada em prática, por meio do Decreto nº 025/2017, parcelou os salários de dezembro em oito vezes, contemplando, primeiro, os servidores com remuneração mais baixa.

O primeiro pagamento será feito dia 28 de fevereiro, com a parcela de R$ 300, que será fixa até o mês de maio. Em junho, a parcela vai para R$ 500, em julho para R$ 700, agosto sobe para R$ 1.200 e de setembro em diante será pago o restante.  A estimativa anual sobre a folha de pagamento dos servidores deve ultrapassar R$ 400 milhões.

A folha salarial de São Gonçalo possui 7.000 funcionários, entre ativos, aposentados e pensionistas. O objetivo do prefeito é pagar os salários até o 5º dia útil do mês. Nanci assumiu o executivo gonçalense com um rombo estimado em R$ 600 milhões.

You may also like...

1 Response

  1. O antecipado ainda não bateu na minha conta. Rs

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *