‘Não dá na técnica, vai na raça’, Papo de Bola com Key Campos

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Num dos piores jogos dos últimos anos que assisti, o Vasco, enfim, venceu seu maior rival, o Flamengo. O Cruzmaltino não jogou nada, mas venceu com muita garra um Flamengo sem padrão tático que jogou menos ainda e sem a habitual raça e garra.

vasco flaUm jogo horroroso, com um Vasco se apequenando cada vez mais, depois do gol único do Riasco. Em uma boa jogada, Madson foi no fundo e cruzou para uma linda cabeçada do colombiano: 1 a 0. Daí pra frente o Vasco recuou, segurou o mal escalado time do Flamengo, que chegou a ter 70% de posse de bola tocando de um lado pro outro, a primeira chance real do Flamengo foi aos 35 minutos do segundo tempo numa boa jogada e única defesa de Charles.

O Flamengo precisa urgentemente dar uma chacolhada no elenco, de repente chamar o Leo Moura de volta, afastar Paulinho, Cirino, Marcio Araujo, Anderson Pico… Esses jogadores estão muito mal, não sei bem, mas do jeito que está… vai ficar complicado.

VASCO: Martin Silva, Madson, Anderson Salles, Rodrigo e Christiano; Pablo Guiñazú, Serginho, Jhon Cley (Rafael Silva) e Julio Cesar; Duvier Riascos (Thalles) e Gilberto (Lucas)
Técnico: Celso Roth

FLAMENGO: Cesar, Luiz Antonio, Wallace, Samir e Anderson Pico (Alan Patrick); Jonas, Márcio Araújo, Héctor Canteros e Everton (Paulinho); Eduardo da Silva (Marcelo Cirino) e Emerson Sheik
Técnico: Cristóvão Borges

Vitória, superação e sorte em Goiânia

O Fluminense contou com sorte, competência e garra para conseguir uma heroica vitoria diante do Goiás, no Serra Dourada. No  primeiro tempo, o Goiás teve chances pra matar o jogo, o Flu marcou mal, perdeu o meio e praticamente não assustou o Esmeraldino. E numa arrancada, Erik abriu o marcador.

fluxgoiasNo segundo tempo o panorama parecia o mesmo. Logo no início Bruno Henrique em outra arrancada entrou cara a cara com Cavalieiri e foi travado pela defesa. Pouco depois, em um dos raros ataques do Flu, Vinícius chutou cruzado, a defesa do Goiás parou e Wagner completou para as redes: 1 a 1.

O Goiás foi pra cima e numa dessas arrancadas que a defesa do Flu não conseguia acompanhar, Erik entrou na área, driblou Cavalieri e quando deu drible desconsertante em Gum para marcar o gol, o zagueiro pôs a mão na bola. Além de ser expulso, pênalti para o Goiás. Felipe Menezes bateu e Diego Cavalieri defendeu.

Na base da superação, com a um homem a menos, o Flu ainda conseguiu fazer o segundo gol, através do volante Edson numa bola ajeitada de cabeça por Henrique dento da área do Goiás. A partir daí o time goiano sentiu, pregou em campo, e mesmo com Vinícius saindo machucado e o Flu ficando com dois jogadores a menos faltando 15 minutos pro fim, o Esmeraldino pouco assustou e o Tricolor segurou até o fim. Valeu os três pontos e o G4.

GOIÁS: Renan; Clayton Sales, Felipe Macedo, Fred e Rafael Forster; Rodrigo, Patrick (Arthur), Liniker (Wesley) e Felipe Menezes (William Kozlowski); Erik e Bruno Henrique
Técnico: Augusto César (interino)

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Wellington Silva, Gum, Antônio Carlos e Giovanni; Edson, Jean, Vinícius, Wagner (Pierre) e Gerson (Lucas Gomes); Magno Alves (Henrique)
Técnico: Enderson Moreira

Chinelada em Macaé

O Botafogo tomou uma chinelada do Macaé 4 a 2. Na semana passada falei aqui que na minha opinião o Glorioso tem gordura pra queimar e acho que se classifica fácil, continuo com a mesma. Mas a minha opinião tem que se transformar em futebol dentro de campo, o Botafogo empatou em casa na última semana e tomou essa pancada do Macaé. Claro que uma hora o time cairia de produção e perder, mas uma derrota dessas com certeza assusta a torcida. O Glorioso tem que levantar a poeira e voltar a vencer.

MACAÉ: Fernando Ribeiro, Henrique (Max), Filipe Machado, Douglas Assis e Diego; Thiago Cardoso, Juninho, Dos Santos e Marquinho (Fernando Santos); Pipico e Anselmo
Técnico: Marcelo Cabo

BOTAFOGO: Renan, Gilberto, Renan Fonseca, Roger Carvalho e Luis Ricardo; Andreazzi, Willian Arão, Fernandes (Lulinha) e Diego Jardel (Daniel Carvalho); Rodrigo Pimpão e Bill (Vinícius Tanque)
Técnico: René Simões

Outros resultados da Séria A: Palmeiras 4 x 0 São Paulo; Inter 1 x 0 Santos; Atlético(MG) 1 x 0 Joinville; Coritiba 1 x 0 Cruzeiro; Ponte Preta 2 x 1 Atletico(PR); Avai 1 x 2 Gremio; Corinthias 2 x 1 Figueirense; Chapecoense 1 x 1 Sport.

Seleção Brasileira, sem mais…

brasil paraguai

CLASSIFICAÇÃO SÉRIE A

Carregando…

Tabela do Brasileirão

Amigos, toda segunda-feira eu estarei aqui expondo o meu ponto de vista sobre os times cariocas no maior campeonato de futebol do mundo, o Brasileirão. Conto com sua atenção. Pode nos enviar sugestões, críticas e reclamações: redacao@correiodacidadeonline.com.br

Grande abraço!

Key Campos


A opinião contida neste artigo é de inteira responsabilidade do seu autor. O seu conteúdo não expressa necessariamente a opinião do Correio da Cidade Online.

You may also like...