Niterói ganha Centro de Controle Populacional de Animais Domésticos

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

As matilhas de cães e colônias de gatos que vivem nas ruas serão os primeiros alvos do Centro de Controle Populacional de Animais Domésticos (CCPAD), inaugurado na tarde desta segunda-feira (03.07), no bairro do Fonseca, Zona Norte de Niterói. Esses animais foram cadastrados pela Coordenadoria Especial de Direitos dos Animais (Ceda) e serão esterilizados no decorrer do mês de julho nas dependências do centro. Após a cirurgia, os cães e gatos serão oferecidos para adoção. Os que não forem adotados voltarão para os seus locais de origem.

No final de julho, os proprietários de animais poderão se cadastrar para marcar as cirurgias gratuitas de castração, que terão início em agosto. O CCPAD possui dois centros cirúrgicos com equipamentos de última geração, sala de pós-operatório, canil, gatil e consultórios. No CCPAD também serão oferecidos cursos profissionalizantes de banho e tosa, voltados para jovens em situação de vulnerabilidade.

O CCPAD foi inaugurado pelo prefeito Rodrigo Neves, que destacou a importância das iniciativas ambientais e de sustentabilidade em sua gestão.

“Essa conquista de hoje é histórica. A administração municipal tem que cuidar das pessoas, da infraestrutura, mas também tem que cuidar do meio ambiente em que vivemos. Por isso estamos preocupados com a proteção de nossos remanescentes de Mata Atlântica, estamos fazendo o maior programa de arborização urbana da história da cidade – já foram plantadas milhares de mudas em três anos-, e é por isso que estamos fazendo esse trabalho de proteção aos animais. Nós aprovamos em 2015 a Lei Municipal de Proteção Animal. E agora, com a inauguração desse centro, a gente disponibiliza para a sociedade de Niterói e para os nossos animais um equipamento de altíssima qualidade”, afirmou Neves.

O coordenador de Direitos dos Animais, Daniel Marques, disse que inaugurar o centro é um momento de realização de um sonho.

“Teremos curso profissionalizante de banho e tosa, para incluir jovens no mercado de trabalho, em parceria com a Secretaria de Assistência Social. O CCPAD, além de ser um aparelho de proteção animal, será um centro de inclusão social. Estamos aqui para servir à população, esterilizar, saber onde estão os animais, controlar as colônias, saber os que os protetores precisam e apoia-los, e fazer política de educação, que é necessária para coibir o abandono e os maus-tratos”, explicou.

Axel Grael, secretário Executivo, ressaltou que a proteção animal é uma tema da maior importância e que a prefeitura sabe como as pessoas anseiam em ver políticas públicas que melhorem a qualidade de vida dos animais.

“Com o controle populacional poderemos garantir um convívio melhor, evitar sofrimento dos animais, pode fazer com os que eventualmente estejam precisando de atenção e de cuidados possam ser abrigados no centro e depois adaptados. Niterói tem um trabalho pioneiro, que hoje é referência no estado e no país. Hoje chegamos a esse centro que eu tenho certeza que nos coloca em outro patamar. As políticas públicas ambientais de Niterói, como um todo, são hoje reconhecidas e são uma referência para o país, não só a proteção animal, mas a criação de áreas verdes, como programa Niterói mais Verde que nós criamos e que nos coloca na vanguarda das estratégias de conservação de ecossistemas. Na área de saneamento, a cidade vai ter um papel de liderança ainda maior quando forem concluídos os investimentos que estão e andamento e nós chegaremos a 100% de esgoto coletado e tratado. Nós temos conseguido fazer com que a cidade avance na agenda da sustentabilidade na mobilidade, no urbanismo. Niterói está avançando muito, mostrando para outras cidades o caminho, mas isso se faz com investimento e, principalmente, com muita vontade política”, destacou Grael.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *