Novas regras para o carnaval gonçalense

  •  
  •  
  •  
  •  



Quem insistir em usar o próprio carro para promover bailes em espaço público e perturbar o sossego alheio será advertido e poderá ser multado e ter o veículo rebocado. A fiscalização será feita durante o carnaval em ação conjunta de equipes do 7º BPM (São Gonçalo) e da Guarda Municipal para fazer cumprir a Lei nº 570/2014. Publicada em 26 de fevereiro do ano passado, ela altera a Lei nº 017/2003, acrescentando à mesma um capítulo de proteção contra ruídos e do sossego público.

“Acreditamos que é uma lei que pode estar ajudando na prevenção de um futuro problema”, ressaltou o secretário de Governo, Sandro Almeida.

De acordo com o texto da lei, fica proibida a emissão de ruídos sonoros provenientes de aparelhos de som de qualquer natureza e tipo, portáteis ou não, “por veículos automotores estacionados em vias e logradouros públicos do município de São Gonçalo e aqueles estacionados em áreas particulares de estacionamento direto de veículos”. Excluem-se de punição apenas os aparelhos de som utilizados em automóveis em movimento, veículos profissionais previamente adequados à legislação vigente e devidamente autorizados, e também veículos publicitários e utilizados em manifestações sindicais e popular”.

O planejamento para os cinco dias de folia em São Gonçalo começou a ser montado por representantes de várias secretarias municipais, em parceria com a Polícia Militar. Uma das novidades para esse ano, o cadastramento dos ambulantes que quiserem trabalhar no Patronato – onde ocorrerá a festa principal, com o desfile das escolas e dos blocos carnavalescos – começou nesta quarta-feira, dia 21.

Haverá limite no número de autorizações e apenas ambulantes vão circular pela Rua Doutor Francisco Portela. Barraquinhas somente poderão ser montadas na Rua Jaime Figueiredo, paralela à principal. Os interessados devem procurar a secretaria de Segurança Pública, no prédio anexo, em Alcântara. Quem quiser mais informações deve ligar para a subsecretaria de Fiscalização e Posturas, através do telefone 2199-6475.

“Tivemos uma experiência muito boa no carnaval passado. Conseguimos reunir 70 mil pessoas e mostrar que o carnaval de São Gonçalo é um carnaval seguro, onde a estrutura do município está à disposição dos foliões”, ressaltou Sandro, destacando que além do programa principal haverá cerca de 30 carnavais de bairros. Os locais serão divulgados ainda esta semana.

Com a previsão de um público de cerca de 100 mil pessoas, o comandante do 7º BPM, coronel Fernando Salema, revelou que vai solicitar ao Comando Geral da corporação um aumento do efetivo.

“O Cordão do Bola Preta atrai uma multidão e vamos solicitar que os PMs da unidade não sejam deslocados para reforçar o policiamento no carnaval de outros municípios, mas que fiquem aqui mesmo na cidade. Além disso, vamos tentar pedir que sejam enviados mais policiais para São Gonçalo nesse período”, afirmou.

A pouco mais de três semanas do início do carnaval, a secretaria de Transportes já está fazendo um estudo técnico para analisar as alternativas para o tráfego de veículos e localizar áreas que serão demarcadas para estacionamento.

“O trânsito durante o carnaval geralmente tem um fluxo menor e caso constatemos que há possibilidade de alterar a rota sem causas prejuízos, vamos manter o trecho fechado durante o carnaval. Caso contrário, a interdição ocorrerá somente nos três primeiros dias”, explicou o secretário de Transporte de São Gonçalo, Jonadab de Sousa, enfatizando que quem quiser ingerir bebida alcóolica não deve dirigir.

“O estacionamento é para quem vai de carro para participar da festa, mas quem for beber deve utilizar o transporte público”, enfatizou Jonadab, lembrando que, de acordo com o artigo 306 do Código de Trânsito Brasileiro, “conduzir veículo automotor com capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool ou de outra substância psicoativa que determine dependência” prevê pena de detenção de seis meses a três anos, multa e suspensão ou proibição de se obter a permissão ou a carteira de motorista.

A próxima reunião para acertar novos detalhes para o carnaval em São Gonçalo – que tem o tema “Vem pra rua” – vai ocorrer no dia 27 de janeiro, durante o encontro do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM). Nela são esperados os delegados das quatro distritais que atendem o município para definição de quais unidades vão estar concentrando registros de incidentes nos dias de folia.

A abertura do carnaval gonçalense acontece às 17h da sexta-feira, dia 13 de fevereiro, com o bloco Sakulejo. No sábado ocorrem os desfiles das 11 escolas de samba da cidade – 6 do Grupo A e 5 do Grupo B. Com concentração marcada para 19h, a previsão é de que a festa termine às 2h30. No domingo, a folia continua com o Bloco da Lu e o Afroreggae. Já na segunda-feira, a animação fica por conta dos blocos Arerê e Simpatia é Quase Amor. Fechando a programação festiva, na terça-feira, dia 17 de fevereiro, a bateria da Escola de Samba Unidos do Porto da Pedra e o Cordão do Bola Preta.

You may also like...