Novo comandante-geral da PM é empossado

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O novo comandante-geral da Polícia Militar, coronel Wolney Dias Ferreira, tomou posse nesta terça-feira (25/10), na sede do Batalhão de Polícia de Choque (BPChq), no Estácio. O policial militar, que comandou diversas unidades operacionais e estava na reserva, assume o cargo antes ocupado pelo coronel Edison Duarte. O novo comandante da corporação anunciou que será realizado um estudo sobre as Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) com o intuito de redimensionar o programa. Ele também adiantou que fará mudanças na corporação a partir de novembro.

“Temos a intenção de realizar um estudo para podermos remodelar, por exemplo, o projeto das UPPs. Também vamos fazer alterações nos diversos escalões da corporação, inicialmente no tático e, em seguida, no de execução. O objetivo é buscar melhores resultados”, disse Wolney, que ressaltou ainda que irá trabalhar para combater a vitimização de civis e de policiais militares.

No evento de transmissão do cargo, o secretário de Segurança, Roberto Sá, falou sobre a necessidade de combater a criminalidade.

“Vamos lutar dia após dia para preservarmos vidas no Rio de Janeiro. Em 2006, a taxa de homicídios dolosos por 100 mil habitantes era de 41,3%, mais de 5 mil pessoas morriam por ano por uma morte intencional, violenta. Este número foi bastante reduzido, mas ainda há muito o que fazer”, ressaltou Sá.

Perfil

O coronel Wolney Dias Ferreira, de 55 anos, comandou unidades como o 35º BPM (Itaboraí), 30º BPM (Teresópolis), 17º BPM (Ilha do Governador), 12º BPM (Niterói) e, antes de ir para a reserva, o 4º Comando de Policiamento de Área.

You may also like...

Deixe uma resposta