“Outubro Rosa”: Itaboraí incentiva prevenção e diagnóstico do câncer de mama e do colo do útero

  •  
  • 2
  •  
  •  
    2
    Shares

Prédios públicos ganham cor da campanha, realizada até o fim do mês na rede municipal de saúde (Foto: Edimilson Domingos)O movimento “Outubro Rosa”, celebrado mundialmente, foi abraçado novamente este ano pela Prefeitura de Itaboraí, por meio da Secretaria Municipal de Saúde. A campanha, que busca a conscientização sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama e do colo do útero, ganhou a cidade. Quem passa pelo Centro Histórico já percebe o tom cor-de-rosa iluminando a Câmara Municipal de Itaboraí, a Igreja Matriz São João Batista e o Palacete de Visconde de Itaboraí, atual sede da Prefeitura. O efeito chama a atenção da população para a importância da realização de exames de prevenção destas doenças. A iluminação pode ser vista diariamente, até o fim deste mês, a partir das 19h.

Na terça-feira (14), a Prefeitura abre a campanha durante a caminhada e feira de saúde, programação que está acontecendo para os idosos do projeto Vida em Movimento. A partir das 8h, o grupo da terceira idade irá se encontrar na Avenida 22 de maio, principal via da cidade, na altura do bairro Outeiro das Pedras, e irá até o Clube Vera Gol, na mesma região. Até as 13h, os programas de Saúde da Família, de Assistência Integral à Saúde da Mulher e de toda equipe da Subsecretaria de Atenção Básica se mobilizarão no clube para realizar orientações, exames preventivos e pedidos de mamografia para mulheres na faixa etária de 50 a 69 anos, público-alvo da campanha.

Já no dia 23, acontece um workshop com a oncologista Liliam Campos Caldeira, médica da Onkosol (centro de tratamento de câncer conveniado ao Sistema Único de Saúde). A especialista falará às servidoras públicas do município sobre prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama. O evento será gratuito e realizado no Salão Nobre da Prefeitura, a partir das 9h.

Também durante todo este mês, o Hospital Municipal Desembargador Leal Junior e as Unidades de Saúde da Família realizarão atividades educativas e de prevenção da campanha “Outubro Rosa”. Palestras sobre o tema, distribuição de panfletos com dicas sobre prevenção e sintomas destas doenças e avaliação clínica nas mamas através da apalpação acontecerão na rede municipal de saúde. Além disso, médicos das unidades de saúde irão realizar coleta de preventivo para detectar câncer do colo do útero e solicitar pedidos de mamografia para rastreamento de tumores na mama.

Alerta às mulheres

O câncer de mama é uma doença grave, sendo a segunda causa de morte entre mulheres, perdendo apenas para o de pele. No Brasil, cerca de 50 mil mulheres são diagnosticadas com o tumor por ano. Para a coordenadora do programa de Assistência Integral à Saúde da Mulher, Elizabeth Faria, a idade constitui um fator de risco para o câncer de mama. Além disso, a menarca precoce (idade da primeira menstruação), a menopausa tardia (após os 50 anos), ocorrência da primeira gravidez após os 30 anos e a nuliparidade (não ter filhos) são características que servem de alerta.

“O diagnóstico precoce é a melhor estratégia. A principal arma para sair vitoriosa dessa luta é a mamografia, exame capaz de detectar o câncer de mama quando ele ainda tem menos de um centímetro. Nessa fase, pode ser curado em até 95% dos casos. O exame também pode detectar um câncer de mama até dois anos antes de ele ser palpável, e a imagem reproduzida da mama apresenta baixa exposição à radiação, não oferecendo risco à saúde da mulher. A mamografia é realizada uma vez, anualmente, em todas as mulheres com 40 anos ou mais, idade que o risco da doença começa a aumentar significativamente”, explica.

You may also like...