PM é preso com mais de 3 mil munições em via de acesso ao Complexo do Alemão

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Policiais civis prenderam ontem (4) dois suspeitos de fornecer armas e munições para facções criminosas do Rio de Janeiro | Divulgação

Policiais civis prenderam ontem (4) dois suspeitos de fornecer armas e munições para facções criminosas do Rio de Janeiro, entre eles um policial militar. Os dois estavam dentro de um carro, com 3.500 munições de pistola, em um dos acessos ao Complexo do Alemão, na zona norte da cidade do Rio de Janeiro.

Leia também
Menino de 16 anos morre depois de ser baleado no Complexo do Alemão, no Rio

O PM, que de acordo com informações preliminares é lotado na Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da Vila Cruzeiro, foi identificado como Vinícius dos Santos, de 25 anos. Ele estava à bordo de um automóvel, modelo i30, de cor prata, acompanhado de outro homem suspeito, quando foi abordado por agentes da 39ª DP (Pavuna), por volta das 18h30m.

Os agentes realizavam diligências na região, para levantar informações sobre a atuação do tráfico naquela área, no momento em que desconfiaram do veículo e fizeram a abordagem. De acordo com a Polícia Civil, depois de uma revista realizada no interior do carro, foram encontradas 3.495 munições de calibre 9mm.

O outro ocupante do veículo, ainda conforme informações de agentes da Polícia Civil, foi identificado apenas pelo apelido: Índio. Ele seria oriundo de Senador Camará, que fica na Zona Oeste do Rio. Além disso, o homem já era procurado pela polícia por crimes como tráfico de drogas.

O caso está sendo investigado pela Delegacia da Pavuna (39ª DP). De acordo com a assessoria de imprensa das UPPs, o policial preso foi ouvido na 8ª Delegacia de Polícia Judiciária Militar (DPJM) e já está preso na Unidade Prisional da Polícia Militar, em Niterói. Ele também responderá a um processo administrativo disciplinar na PM.

O Complexo do Alemão tem sido palco de intensos tiroteios entre criminosos armados e policiais militares. Desde que a Polícia Militar decidiu implantar uma nova cabine blindada dentro do conjunto de favelas, os confrontos se intensificaram, deixando várias vítimas. Ontem, cinco pessoas morreram.

 

You may also like...

Deixe uma resposta