Prefeitura realiza “Megacasamento” de 300 casais

  •  
  •  
  •  
  •  



casamento1A hora do “sim” chegou para os 300 casais que oficializaram a união na noite de sexta-feira (27/11) no “Megacasamento” realizado pela Prefeitura de São Gonçalo em parceria com o Tribunal da Justiça (TJ-RJ), no Clube Esportivo Mauá. Com direito a bolo, valsa e uma tarde de beleza para as noivas, mais do que uma comemoração, o casamento comunitário foi a realização de um sonho para inúmeras famílias, em sua maioria de baixa renda.

Familiares e amigos também celebraram junto aos casais que em muitos casos já viviam juntos há anos e decidiram oficializar a união. Como é o caso da aposentada Augusta dos Reis Ferreira, de 71, e o noivo Edevaldo Ferreira, 76 . A tradição é que o noivo aguarde pela noiva, mas, neste caso, poucas horas antes da cerimônia Augusta aguardava o companheiro com quem dividiu 47 anos de sua vida.

“Nós sempre vivemos muito bem. Temos duas filhas juntos, dois netos, e decidimos dar esse passo agora. O casamento é tão importante quanto saber viver e aproveitar a vida. Hoje estamos maduros, educamos nossos filhos, construímos uma vida juntos e estamos dando mais um passo. Me sinto realizada”, relatou.

casamento4O tempo juntos também foi um fator decisivo na escolha do casamento comunitário, como é o caso de Lucia Mariele, de 25 anos, e Rodrigo Barbosa, 26. O casal, natural de Belém, depois de sete anos juntos oficializaram a união. “A noite de hoje é um sonho pra nós. Viemos para São Gonçalo por conta do meu trabalho e estamos aqui há três anos, ficamos felizes em realizar esse sonho aqui”, contou o noivo.

A cerimônia foi oficializada pela juíza da 3ª Vara da Família do município, Marcia Succi, que também realizou o casamento no civil. Para ela, o Megacasamento representa para as famílias recém-formadas a garantia dos direitos como cidadãos. A fala da juíza foi reiterada pelo prefeito Neilton Mulim, que também compareceu a cerimônia.

“O que estamos presenciando nesta noite é a garantia da dignidade e de direitos. É um momento especial, não só para os noivos e familiares, mas para o Poder Público, que em dois anos, por meio do casamento comunitário já oficializou a união de mais de 700 pessoas. Somos gratos pela parceria com o Tribunal de Justiça que oportuniza a Prefeitura de São Gonçalo a ajudar a realizar mais este sonho para tantos casais”.

casamento3Um dos momentos emocionantes da cerimônia foi a entrada de um casal em especial. O auxiliar de serviços gerais Ricardo de Souza, de 49 anos, e a dona de casa Mauriceia de Souza dos Santos, de 58 anos, juntos há 30 anos. Ela há cerca de dois anos sofreu um acidente que a deixou em uma cadeira de rodas. Apesar das dificuldades, o então noivo afirma que nenhuma delas foi maior do que o desejo de ambos em estar juntos. A cadeirante foi beneficiada pela Prefeitura com uma prótese e fará a reabilitação na Associação Niteroiense dos Deficientes Físicos (Andef).

You may also like...