Procon descarta quase 14kg de alimentos em três mercados de Niterói

  •  
  •  
  •  
  •  



O Procon Estadual realizou, nesta segunda-feira (16), uma nova etapa da Operação Secos e Molhados em Niterói. Dos quatro estabelecimentos fiscalizados, três foram autuados. Apenas no Superprix (Rua Gavião Peixoto, 123, Icaraí) não foram encontrados problemas. Ao todo, os fiscais descartaram 13kg e 950g de alimentos impróprios para o consumo.

Todos os três mercados autuados foram fiscalizados a pedido do Ministério Público. No RB Mercearia (Avenida Presidente Craveiro Lopes, 520, Barreto), havia 6kg e 950g de alimentos vencidos ou sem informação da validade, como queijo cheddar, presunto defumado e frios. O estabelecimento também não tinha caixa preferencial.

A Câmara resfriada do MultiMarket da Rua Gavião Peixoto, 34, Icaraí, estava com o forro da porta soltando e apresentava mofo em seu interior. Os fiscais deram um prazo de 15 dias para os reparos. No estabelecimento também havia leite condensado armazenado de maneira diferente da indicada pelo fabricante. Já no Assai da Rua Benjamin Constant, 263, Largo do Barradas, foi constatada a ausência de preços em alguns produtos expostos à venda e de cartazes como o que informa sobre a proibição da venda de bebidas alcoólicas para menores de 18 anos.

Balanço da Operação Secos e Molhados:

1 – Assai (Rua Benjamin Constant, 263, Largo do Barradas): 1kg de linguiça calabresa vencida exposta na área de vendas. Ausências: cartaz do 151, cartaz informando sobre o Livro de Reclamações, cartaz informando que é proibida a venda de bebidas alcoólicas para menores de 18 anos em um dos setores, certificados de dedetização e de potabilidade da água e de preço em alguns produtos expostos à venda.

2 – RB Mercearia (Avenida Presidente Craveiro Lopes, 520, Barreto): Produtos vencidos: 1kg e 700g de queijo cheddar e 2kg e 750g de presunto defumado. 2kg e 500g de frios sem especificação da validade. Ausências: cartaz do 151, caixa preferencial e certificados de dedetização e de potabilidade da água.

3 – MultiMarket (Rua Gavião Peixoto, 34, Icaraí): 5kg e 700g de massa de pão sem especificação da validade. 300g de leite condensado mal armazenado (produto estava dentro da lata quando o fabricante determina que se retire da lata após aberto). Câmara resfriada com forro na porta soltando e apresentando mofo em seu interior. Os fiscais deram um prazo de 15 dias para reparo. Ausência do certificado de potabilidade da água.

You may also like...