Reforma de escola incendiada por vândalos está quase concluída

  •  
  • 122
  •  
  •  
    122
    Shares



escola incendiada23Quem passa pela Escola Municipal Maria Ana Moreira, em Itaboraí, fica surpreso ao ver que, duas semanas após ter sido incendiada por vândalos, a unidade localizada no bairro de Rio Várzea já está com sua estrutura quase totalmente recuperada. Desde que a reforma foi iniciada, o prédio vem recebendo nova pintura, troca de pisos e revestimentos. Toda a obra estará finalizada antes da volta às aulas, marcada para 29 de fevereiro.

Segundo Marcelo Souza, subsecretário de Infraestrutura Escolar, Orçamento e Gestão Estratégica, uma das preocupações do município era fazer com que o calendário escolar dos cerca de 850 alunos do 3º ano do ensino fundamental e da Educação de Jovens e Adultos (EJA) não fosse prejudicado. Ainda segundo ele, considerando a queda de 50% da arrecadação do município, a quantia que será gasta para recuperar novamente a unidade, que já havia sido reformada em setembro do ano passado, poderia ter ser aplicada em outras ações das próprias escolas da rede.

Relembre
Vândalos ateiam fogo em escola municipal de Itaboraí

“Desde 2013, a Prefeitura já reformou 53 das 87 unidades escolares do município. Em 2016, a previsão é a de que mais 12 sejam reformadas. Um episódio como esse em um cenário de incerteza econômica nos entristece bastante.”, explica Marcelo.

Na cozinha, um dos locais mais prejudicados pelos criminosos, as obras estão avançadas e, assim que a reforma estiver completa, a prefeitura irá readquirir todos os alimentos e utensílios, além de equipamentos industriais, como geladeira, fogão e liquidificador que foram destruídos ou roubados.

Entenda o caso

Na madrugada do dia 27 de dezembro (domingo), dois homens e um menor atearam fogo em parte da escola municipal de Itaboraí. As chamas atingiram a cozinha e o refeitório, e os bombeiros foram chamados para controlar a situação.

Cerca de R$ 4 mil reais em alimentos foram perdidos. No momento do ataque, estavam armazenados 76 kg de frango, 25 kg de carne bovina, 70 kg de peixe, 65 kg de açúcar, 74 garrafas de suco e diversos outros gêneros alimentícios, num total de 20 itens. A merenda era suficiente para aproximadamente de 15 dias de funcionamento da unidade, e seria utilizada nas primeiras semanas de volta às aulas.

Uma geladeira foi completamente inutilizada, assim como outros equipamentos de uso industrial, como fogão, extrator de sucos, e liquidificador, num total aproximado de R$ 15 mil. Ninguém ficou ferido.

No dia seguinte (28), a polícia realizou perícia no local e analisou as imagens das câmeras de segurança instaladas na unidade.

Após três dias de investigação, policiais da 71ª DP (Itaboraí) prenderam os três suspeitos, que são ex-alunos da escola. Com eles, os policiais apreenderam alguns eletrodomésticos levados da escola.

You may also like...