Santa Rosa vai ganhar o reforço de mais 50 policiais

  •  
  • 375
  •  
  •  
    375
    Shares

pm niteroiNiterói vai ganhar nos próximos dias um reforço de 50 policiais militares para o bairro de Santa Rosa, na Zona Sul da cidade. O anúncio foi feito durante uma reunião entre o prefeito Rodrigo Neves e o chefe do Estado Maior da Polícia Militar, coronel Robson Rodrigues, no Quartel General da PM, no centro do Rio.

Os policiais militares vão atuar em um projeto piloto que está sendo desenvolvido em parceria entre a corporação, a Fundação Brava e a Prefeitura e que será assinado na próxima semana. Esse projeto prevê uma atuação compartilhada entre PMs e Guardas Municipais e a integração dos serviços 190 (da PM) e 153 (Guarda Municipal).

Leia também
Tiroteio e acidente após tentativa de fuga em Santa Rosa, Niterói

Rodrigo Neves destacou a importância da reunião para o município.

“Nesta reunião foi decidido um reforço de mais 50 policiais para Santa Rosa. Apesar da atribuição constitucional da segurança ser do governo estadual, desde o início da gestão estamos colaborando e cobrando. Com a chegada do novo comandante do 12º BPM, o trabalho do secretário de Ordem Pública, Marcus Jardim, e a implantação do Cisp, conseguimos reduzir os índices criminais nos últimos três meses. No entanto, isso ainda tem sido insuficiente. Apesar da ocorrência lamentável na noite de ontem de facínoras que tiraram a vida de um cidadão, que entristece a todos nós, não podemos esmorecer”, disse o prefeito.

50 pmsNiterói tem feito vários investimentos em segurança como a construção da sede provisória da Delegacia de Homicídios, de Companhias Destacadas no Fonseca, Pendotiba, morros do Estado, Cavalão e Palácio, duplicação do efetivo da Guarda Municipal, a implantação de cabines compartilhadas da PM e da Guarda Municipal, entre outros.

Desde o início desta gestão, em 2013, graças à cobrança da Prefeitura, o efetivo da PM subiu de 650 para cerca de 1.150 policiais. E com o advento do Cisp, houve redução significativa nestes últimos três meses (agosto a outubro) em alguns itens criminais como roubos a coletivos (-59 casos), roubos a transeuntes (- 157 registros), roubos a residências (-nove casos), roubos a estabelecimentos comerciais (-26 casos).

O coronel Robson Rodrigues disse estar apostando nesta parceria com a Prefeitura e que isso pode servir de exemplo para outros municípios e bairros.

You may also like...