São Gonçalo na campanha pelo combate a AIDS

  •  
  •  
  •  
  •  

aidsSGDesde o início do ano o município de São Gonçalo registrou 290 casos de HIV. Para conscientizar a população sobre prevenção e cuidados, nesta terça-feira (1º/12), Dia Mundial do Combate a AIDS, a secretaria de Saúde do município realizou testes gratuitos para DST/AIDS e hepatite virais na Praça Luiz Palmier, no Centro.

De acordo com o boletim epidemiológico realizado pelo ministério da Saúde, nos últimos cinco anos, o Brasil tem registrado, anualmente, uma média de 40,6 mil casos de aids, sendo o sudeste a região com a maior concentração de casos (17 mil/ano). Para o coordenador da equipe de DTS/AIDS do município, Antonio Carlos Tavares Guimarães, a campanha aproxima a população do serviço público.

“Esse tipo de ação facilita o acesso à população de um serviço que é tão importante e gratuito. Temos no município 15 unidades de saúde que realizam os testes de HIV, sífilis e hepatites virais, e o que temos notado é que a população está cada vez mais informada e deseja realizar o teste e prevenir a doença”, afirma.

É o caso dos aposentados Georgina Pontes, 62, e Luis Carlos Leite, 65. Casados há 30 anos ambos fazem o teste regularmente e na tarde de hoje não foi diferente. “Acho um trabalho muito importante, que deveria ser feito mais vezes. As pessoas não tem consciência da importância desse ato, de se prevenir e também ter consciência do cuidado com a saúde do outro”, disse o aposentado.

O funcionário público Jorge Luiz Barbeiro, de 48 anos, também destacou a importância do diagnóstico precoce. “Acho uma iniciativa muito boa para a população, hoje também vim fazer o teste para hepatite. Seria muito bom se toda a população se conscientizasse sobre a importância da prevenção”, afirmou.

O programa municipal de DST/Aids conta com o Centro de Testagem Anônima em 15 unidades de saúde, onde qualquer pessoa pode realizar o teste rápido de HIV, Sífilis e Hepatites B e C com orientação de psicólogos e assistentes sociais. São elas: PAM Neves, Polo Sanitário Hélio Cruz, em Alcântara, UBS Irmã Dulce, em Trindade; UBS Bandeirantes; UBS Adolfo Lutz, no Pacheco; UBS Mahatma Gandhi, no Mutuá; Polo Sanitário Washington Luiz, Zé Garoto; UBS Ana Neri, Gradim; Polo Sanitário Rio do Ouro; USF Morro da Torre, Rocha; UBS Adão Pereira Nunes, Tribobó ; UBS Luiz Carlos Prestes, Santa Catarina; Polo Sanitário Paulo Marcos Rangel, Porto do Rosa; Polo Sanitário Jorge Teixeira de Lima, Jardim Catarina.

Deixe uma resposta