São Gonçalo terá semana de incentivo contra as drogas

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

drogasPara dar prosseguimento às ações de combate às drogas e com o objetivo de orientar a população sobre suas consequências, o prefeito de São Gonçalo, Neilton Mulim, sancionou a Lei Nº 678/2016, de autoria do vereador Thiago da Marmoraria que determina a “Semana de Prevenção do Crack e Outros Entorpecentes” em todas as unidades municipais de Saúde e de Educação. A data da ação será escolhida junto aos organizadores do programa.

Segundo o texto, publicado no Diário Oficial do município nesta quarta-feira, dia 20, o evento será caracterizado por diálogos multidisciplinares, levando-se em consideração a formação do público-alvo para uma visão mais ampla e complexa dos problemas relacionados ao uso das drogas no mundo e suas múltiplas reações e conceitos.

Desde que detectou o problema, São Gonçalo vem investindo constantemente, através da secretaria de Políticas sobre Álcool e Drogas, em parcerias com outras secretarias, na política de incentivo contra o crack e outros entorpecentes.

“O crack é a maior droga do mundo e está chegando de forma avassaladora no nosso município. As medidas restritivas estão sendo criadas da melhor maneira possível. Não estamos poupando esforços para conter o avanço da droga. Estamos criando locais adequados para atender a essa população, que está em ascensão em nossa cidade. Esta iniciativa chega para somar, em conjunto com as secretarias municipais de Saúde e Educação, em um único objetivo que é o trabalho para livrar que novos usuários da droga possam surgir”, garantiu o prefeito Neilton Mulim.

Em novembro do ano passado, São Gonçalo investiu em mão de obra, durante a formação de 45 guardas municipais que trabalham no programa “Crack, É Possível Vencer”, iniciativa que tem o apoio das secretarias municipais de Saúde, Segurança Pública e Desenvolvimento Social, com o objetivo de combater o acesso à droga da população.

Além da formação de pessoal treinado e especializado, o aparato contra o tráfico de drogas conta ainda com três ônibus munidos de câmeras internas e externas, salas de controle com computadores, além de viaturas e motos que vão trabalhar no apoio das operações em todo o município.

You may also like...

Deixe uma resposta