Sérgio Cabral decide fazer delação premiada

  •  
  • 15
  •  
  •  
    15
    Shares

De acordo com informações do Portal UOL, neste domingo (23), o ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, decidiu fazer acordo de delação premiada. Ainda segundo o Portal, o MPF ainda não havia confirmado a informação. Porém, o advogado que cuida do caso do ex-governador a dois anos, Rodrigo Rocca, deixou o processo e revelou que haverá sim o acordo de delação.

“Vou deixar a defesa sim. Não compactuo e não atuo em delações, premiadas ou não. Mas não houve desentendimento e sim, um consenso sobre a necessidade da minha saída para ingresso de outro colega”, disse Rocca neste domingo (23) em resposta ao UOL

Em último depoimento, Cabral já havia mudado a estratégia perante a Justiça e decidiu ficar em silêncio durante depoimento ao juiz Marcelo Bretas, em mais uma audiência da Operação Lava Jato no Rio. 

A expectativa é de que a possível delação de Cabral, que foi governador do estado por dois mandatos, envolva figuras do alto escalão do Judiciário fluminense e do STJ (Superior Tribunal de Justiça), segundo informou hoje o jornal “O Globo”.

Condenado no total a 198 anos e seis meses de prisão, Cabral nega o recebimento de propina e o favorecimento de empreiteiras para a realização de obras públicas. Ele tem admitido contudo, o recebimento de caixa dois.

You may also like...