Sine Itaboraí já emitiu mais de mil carteiras de trabalho desde outubro

  •  
  •  
  •  
  •  

sine itaboraiUm total de 1.160 pessoas já tiraram a carteira de trabalho no posto do Sistema Nacional de Emprego (Sine) de Itaboraí, que desde outubro do ano passado adota o serviço em parceria com a Delegacia Regional do Trabalho do município.

O número é significativo, levando-se em conta que neste período os trabalhadores de todo o Estado do Rio sofrem para obter o documento. Hoje, mais de 2 mil pessoas ainda não conseguiram dar entrada na carteira de trabalho no estado, por causa de uma falha técnica no Sistema de Atendimento Agendado (SAA) do Ministério do Trabalho e Previdência Social.

Já no Sine – com uma média de 160 emissões de carteiras por mês – a situação e diferente. Basta ir direto ao posto, que está em novo endereço: Rua Professor Clara Pereira, 200, em Nova Cidade, atrás do supermercado Maza Box.

O auxiliar de serviços gerais Gustavo Alves, de 18 anos, foi um dos trabalhadores a recorrer ao Sine/Itaboraí para tirar, pela primeira vez, a carteira de trabalho. Ele estava há quatro meses tentando, sem sucesso, agendar uma data na Delegacia Regional do Trabalho de Itaboraí.

“Nunca tinha dia disponível quando entrava no site do Ministério do Trabalho (MTPS). No máximo conseguia agendamento em um município bem distante de Itaboraí. Bastou vir, esperar um pouco e ser atendido. Passei em um processo seletivo de um supermercado e corria sério risco de não conseguir a vaga”, comenta contente Gustavo.

Já o servente Adecidil Morais da Silva, de 51 anos, há dois meses vinha tentando agendamento pelo site do MTPS para tirar a 2ª via de sua carteira.

“Como minha carteira atual não tem mais espaço para registrar um novo contrato de trabalho. Se eu soubesse que o Sine também estava fazendo este serviço tinha vindo antes. Além de ter sido atendido rapidamente, pude assistir uma palestra gratuita sobre como montar um currículo e como se portar em uma entrevista de emprego”, conta o servente.

“Hoje estamos recebendo até pessoas de outros municípios atrás do documento. Pelo site do MTPS, a pessoa leva, no mínimo, um mês para conseguir marcar atendimento. Sem contar o tempo de espera do dia marcado. Aqui no Sine, o trabalhador não precisa agendar sendo atendido por ordem de chegada. Faz a solicitação do documento e espera, em média, uma semana para a confecção da carteira”, explica Anderson Santana, coordenador do Sine/Itaboraí.

O Sine/Itaboraí é gerido pela Secretaria Municipal de Trabalho e Renda. Mais informações pelo telefone: 2635-3043.

You may also like...