TJ do Rio inaugura unidade móvel de combate à violência doméstica

  •  
  •  
  •  
  •  

Com a participação da ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), o Tribunal de Justiça do Rio inaugura nesta sexta-feira, dia 12, às 11hs, a unidade móvel do Juizado de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher, no Fórum de Campos, no Norte fluminense.

A ideia inicial é que o ônibus circule pelas áreas rurais do estado, onde são registrados os maiores índices de crimes contra a mulher, como estupro, homicídio e tentativa de homicídio.

Segundo a juíza auxiliar da Presidência, Adriana Ramos de Mello, o intuito é que a estrutura seja semelhante à do Projeto Violeta, contando, não só com a presença de um juiz, mas também de psicólogas, assistentes sociais, promotoras, defensoras públicas e da Polícia Civil. No local, a vítima poderá registrar a ocorrência da agressão e receber uma medida protetiva que impeça o agressor de se aproximar.

O ônibus vai começar a circular em julho, com a seguinte programação:

São Fidélis (02/07), (16/07) e (30/07)

São Francisco de Itabapoana (06/08), (20/08) e (27/08)

São João da Barra (03/09), (17/09) e (24/09)

You may also like...