Mais um PM é assassinado no Rio de Janeiro

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O sargento Anderson da Silva Santos foi o segundo policial militar assassinado neste ano no Rio de Janeiro em apenas quatro dias. De acordo com informações da Polícia Militar, ele foi morto a tiros, ontem à noite, no Bairro Jardim São Miguel, em Queimados, na Baixada Fluminense.


O policial se envolveu em um acidente de trânsito e, ao descer de seu veículo, brigou com o outro motorista. Durante a luta corporal, o homem, ainda não identificado, roubou a arma do PM e fez três disparos contra ele, sendo um no olho, e fugiu em seguida. Anderson foi levado para o Hospital Central da Polícia Militar, mas não resistiu aos ferimentos.

A primeira morte de um PM neste ano ocorreu ontem (3) no bairro do Mutuá, em São Gonçalo, no Grande Rio. O soldado Ivanderson Silva Pinheiro estava em seu carro, no bairro do Mutuá, com outro policial quando criminosos os abordaram e anunciaram um assalto.

Segundo a PM, Ivanderson reagiu e foi baleado. Em seguida, o carro capotou. Ele morreu no local e o segundo policial conseguiu se esconder depois do acidente automobilístico.

PM morto em São Gonçalo foi o primeiro em 2018

Um policial militar foi morto na manhã desta quarta-feira (3), na Avenida Paula Lemos, no bairro Mutuá, em São Gonçalo. De acordo com a polícia, o soldado Ivanderson da Silva Pinheiro, de 38 anos, lotado no 7º BPM (São Gonçalo), estava acompanhado de outro policial militar, quando o carro deles foi fechado por uma picape com assaltantes. Houve troca de tiros e os criminosos fugiram.

Ivanderson é o primeiro policial morto no Rio de Janeiro em 2018. De acordo com a assessoria de imprensa da PM, só este ano quatro policiais foram baleados. Ano passado foram registradas 134 mortes de policiais militares no Rio. O último foi morto no dia 30, também em São Gonçalo, no bairro Monjolos.

 

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *