Vinte anos depois, o reencontro entre França e Croácia

  •  
  • 3
  •  
  •  
  •  
    3
    Shares

Mario Mandžukić celebra o gol da classificação em cima da Inglaterra | Divulgação / HNS

A tristeza de perder a chance de voltar a uma final 52 anos depois. A alegria de jogar a primeira delas em apenas cinco tentativas. Futebol. Pode ser amado ao extremo ou odiado com todas as forças por quem mais o ama. Depende do dia e do lado em que se está.

Não ficará sentimento algum de decepção com o seu próprio time no coração do torcedor inglês. Quase ninguém esperava que ele fosse tão longe. Mas a tabela favoreceu e, a cada vitória e fase alcançada, a confiança no improvável ficava mais forte.

Nesta quarta-feira (11), a seleção da Inglaterra viu o grande sonho do bicampeonato chegar ao fim. Saiu na frente logo no início, com gol de falta do lateral Trippier. Porém, levou o empate e, na prorrogação, viu o castelo desmoronar. A Croácia, pela primeira vez, está na final de uma Copa do Mundo. Já superou a geração do artilheiro Suker, que conseguiu ir até a semifinal e ficar com o bronze.

Vinte anos depois, os croatas vão reencontrar a França num Mundial. 1998. Justamente quando os Bleus faturaram a única taça para o país. Eles tiveram que passar pela equipe de camisa quadriculada antes da grande final.

Naquela ocasião, Thuram, lateral como Trippier, balançou as redes duas vezes e virou o jogo para os donos da casa. Desta vez, sofrer gol de um atleta da mesma posição foi só coincidência. Até houve reviravolta no placar, mas ao contrário.

Seleção Francesa comemora classificação à final | Divulgação

Pelo outro lado da moeda, agora em campo neutro, os franceses querem apagar da memória as derrotas na decisão da Copa de 2006, na Alemanha, e da recente Euro 2016, quando estiveram em casa e assistiram a festa de Portugal. Dolorosas para Zidane, que disputou o revés diante da Itália, e toda uma nação.

Domingo, às 12h (de Brasília), em Moscou, veremos se 98 e 2018 também são apenas semelhantes numericamente ou haverá uma nova inserção no livro dos campeões. Para que esta segunda possibilidade aconteça, diga “Hrvatska”. Por um novo bicampeão, grite “Allez les Bleus!”

You may also like...