A história do bairro Cubango e a sua importância no Carnaval de Niterói

  •  
  • 66
  •  
  •  
    66
    Shares



carnaval 2015 - ensaio técnicoSaudações carnavalescas!

Hoje, começa oficialmente o carnaval no Rio de Janeiro com o desfile do primeiro grupo das Escolas de Samba do Acesso A. E, neste sábado, a cidade de Niterói estará muito bem representada  pela escola de samba Acadêmicos do Cubango, que será a última a desfilar na Avenida Marquês de Sapucaí.

O bairro

O nome dado à agremiação, assim como o bairro, tem origem na junção dos nomes indígena e africano. A área ocupada pelos índios era inicialmente denominada “U-Bang-u”, mas com a chegada dos colonizadores portugueses e a ocupação dos negros trazidos da África, o nome foi adaptado para Cubango, que tem semelhante sonoridade com um importante rio e província de Angola, local de procedência do povo africano que aqui se estabeleceu. O bairro era um ponto de venda dos escravos, que quando fugiam se concentravam no Largo do Marrão.

A escola

IMG-20160205-WA0002Conhecida como a mais querida do povo, foi fundada três meses antes do carnaval, vencendo o campeonato com louvor. Seus ensaios eram sempre lotados e aconteciam em alguns importantes clubes ou associações da cidade, como Clube Atlético Fonseca e o popular “Marieta”. Com a quadra ampla e reformada, os ensaios voltaram ao seu local de origem, à Rua Noronha Torrezão, principal rua do bairro.

Você sabia?

IMG-20160205-WA0001– O bairro era conhecido como “a Suíça de Niterói”, devido ao seu clima ameno, por ser localizado em um grande vale, cercado por vários morros.

– Cubango tem a maior concentração de negros do município de Niterói (a explicação está acima).

– Marrão significa fujão, arisco. Por isso, o nome da área conhecida como Largo do Marrão era o local onde os negros se refugiavam após a fuga.

E para homenagear minha verde e branco, deixo um trecho de um dos sambas de quadra que mais gosto:

“Minha Cubango amada, minha doce namorada de beleza sem igual. Se eu fosse um pintor, eu pintaria. Se eu fosse um poeta, te amava em poesia.”

Bom Carnaval, pessoal!

Serviço: Desfile das Escolas de Samba Acesso A
Local: Av. Marquês de Sapucaí
Hora: a partir das 21h
A gente se vê por lá!


Formada em Turismo e com duas pós-graduações na bagagem, Leila Gravano é guia de turismo bilíngue e diretora da Conhecendo Mais, empresa de turismo receptivo de Niterói.


A opinião contida neste artigo é de inteira responsabilidade do seu autor. O seu conteúdo não expressa necessariamente a opinião do Correio da Cidade Online.

 

You may also like...