Avenida Amaral Peixoto na história do carnaval de Niterói

  •  
  • 51
  •  
  •  
  •  
    51
    Shares

decoração a peixoto 1973Olá, pessoal!
Estamos na contagem regressiva para o Carnaval 2016 e a praticamente 15 dias da festa de Momo. Por isso, não podemos deixar de lembrar a legendária Avenida Amaral Peixoto e seu tradicional desfile de Escolas de Samba.

Quem imagina que a avenida, construída em 1942 para ser o centro comercial da cidade, já foi o tapete do samba com os desfiles das agremiações mais populares da época: Acadêmicos do Cubango, Unidos do Viradouro, Corações Unidos, Combinados do Amor e Canarinhos da Engenhoca, que disputavam ponto a ponto as primeiras colocações.

Durante o dia, os blocos de embalo como Zorro, Chaleira, Soledade e Tudo Sabe e Nada Diz, arrastavam multidões pela avenida minuciosamente decorada. A mais famosa (senão a única) lanchonete, a Love, fazia a alegria dos foliões com os lanches no estilo dos atuais fast food. Até a leiteria Arcádia, virava point para a “saideira”.

Você sabia?

– O carnaval de Niterói já foi considerado o 2º melhor do Brasil no quesito desfile de Escolas de Samba.

– Entre os anos 1981 até 1983, o desfile foi transferido para a Avenida Cem (onde hoje é o Teatro Popular) local do primeiro projeto para uma passarela do samba.

decoração carnaval a peixoto 1974Atualmente, a Avenida Amaral Peixoto é palco para os ensaios técnicos das duas Escolas de Samba que desfilam no Grupo de Acesso na Marquês de Sapucaí. O esquenta para o desfile oficial no carnaval acontecem aos sábados e domingos.

Então, aproveitem porque já está quase encerrando.

A gente se vê por lá!

Serviço: Ensaio das Escolas de Samba de Niterói na Amaral Peixoto
Data: sábado: Acadêmicos do Cubango e domingo: Unidos do Viradouro
Hora: a partir das 19h


Formada em Turismo e com duas pós-graduações na bagagem, Leila Gravano é guia de turismo bilíngue e diretora da Conhecendo Mais, empresa de turismo receptivo de Niterói.


A opinião contida neste artigo é de inteira responsabilidade do seu autor. O seu conteúdo não expressa necessariamente a opinião do Correio da Cidade Online.

 

You may also like...