Futebol: situação dos clubes do Rio durante suspensão dos jogos

  •  
  •  
  •  
  •  

Botafogo

Em conformidade com a deliberação da FERJ, o Botafogo informou que suspendeu por 15 dias os treinamentos do elenco profissional e da base. O Clube destaca a importância da decisão pela paralisação e reitera as suas prioridades no momento: a saúde de todos e a mitigação da propagação do COVID-19.

Como consequência da decisão, o clube informa que o jogo preliminar do ídolo Túlio Maravilha com sócios e artistas (previsto para este sábado), naturalmente, também está cancelado. O Concurso Cultural segue aberto e, assim que possível, será divulgada a nova data.

Cabe ressaltar que todas as atividades sociais e das escolinhas estão suspensas temporariamente. Os funcionários administrativos terão suas jornadas reduzidas com alternância de home office/regime de escala, organizadas pelos seus respectivos gestores.

Paulo Autuori defendeu, desde a véspera do jogo contra o Bangu, a paralisação do Campeonato Carioca devido à pandemia do novo coronavírus. O técnico ganhou o respaldo do Botafogo, que lutou na Ferj para que as partidas do estadual fossem adiadas, assim como havia acontecido com os campeonatos nacionais.

Em entrevista ao site GloboEsporte.com, o técnico do Botafogo fez duras críticas à CBF por não obrigar os campeonatos estaduais a paralisarem.

– A não exigir que todas as federações parassem suas competições e a não estipular prazos (mínimos), sujeitos às frequentes avaliações sobre o vírus, para serem respeitados por todos, sem exceções, vem somar aos seus inúmeros, próprios e frequentes erros mais essa frouxa e irresponsável decisão de deixar nas mãos dos seus filhotes (federações) a decisão final de um tema que transcende ao futebol. Erros estes que vêm a gerar, há muito tempo, um diferencial competitivo, absurdo e nefasto, a favor de certos clubes.

A CBF não respondeu o comentário do técnico alvinegro.

Após reunião na Ferj, na última segunda, a entidade definiu a paralisação do Carioca, o Botafogo decidiu parar as atividades do profissional e da base por 15 dias. Os atletas receberam uma programação especial de treinos para seguirem em casa.

Flamengo

O Flamengo informa que os testes para detectar a presença do Covid-19 em atletas, comissão técnica e funcionários do departamento de futebol foram concluídos na tarde desta segunda-feira (16). O clube informa que o treinador Jorge Jesus realizou um primeiro teste para o Covid-19 e o resultado foi um positivo.

O técnico está sob os cuidados do departamento médico do Flamengo e apresenta quadro estável de saúde. O contrato de Jorge Jesus com o Flamengo vai até o final de maio, e a diretoria do clube enfrenta novos obstáculos causados pelo coronavírus para conseguir a renovação. O impacto da pandemia deixa a negociação mais lenta, depois de contatos iniciais entre a diretoria e os representantes do treinador.

A diretoria reitera o compromisso durante a pandemia do coronavírus e anunciou a suspensão dos treinos da equipe profissional e das categorias de base ao menos por uma semana.

Fluminense

O Fluminense formulou algumas instruções para seus atletas que estão em casa como medida de se manterem saudáveis e ativos durante o período de recolhimento por conta da pandemia do coronavírus. Jogadores receberam exemplos de exercícios que podem ser executados em casa, orientações nutricionais de recesso para manutenção da composição corporal e da imunidade, e as recomendações para evitar o contágio. Aqueles que estavam em tratamento fisioterápico puderam levar equipamentos para casa e dar continuidade às atividades com auxílio remoto dos profissionais do clube.

A preparação física e a fisiologia disponibilizaram séries diárias de exercícios físicos que podem ser feitos em casa e se mantém à disposição dos atletas para consultas remotas, por telefone ou vídeo chamadas, caso seja necessário tirar dúvidas, acertar posturas e afins.

“Em função desse problema, estamos encaminhando treinamentos para serem realizados em casa que visam uma manutenção da forma física e desportiva pra que não tenhamos déficit do condicionamento adquirido. Procuramos montar exercícios que podem ser feitos nessas condições. As dúvidas podem ser sanadas com facilidade através da tecnologia atual. É uma atitude muito importante, já que não temos ainda nenhuma previsão conclusiva de retorno”, disse o preparador físico Marcos Seixas.

O Fluminense paralisou suas atividades em todas as sedes do clube: Laranjeiras, Xerém e o Centro de Treinamento Carlos Castilho (CTCC).

Vasco

A suspensão de treinos e jogos por conta da pandemia do novo coronavírus fez o Vasco organizar uma programação especial aos jogadores. Em entrevista ao canal “Atenção, Vascaínos”, o médico Rodrigo Furtado explicou que o clube elaborou uma cartilha com orientações sobre alimentação e exercícios físicos ao elenco durante o período de quarentena.

A CBF suspendeu as competições nacionais tempo tempo indeterminado. Mesma postura da Conmebol em relação aos torneios sul-americanos. O Carioca, entretanto, teve adiamento por 15 dias, de acordo com a Ferj. Por isso, o clube de São Januário interrompeu as atividades do futebol profissional até o dia 23 de março.

Além de orientar os atletas, fizemos cartilha. Orientação nutricional, exercícios físicos para que eles tenham um norte. Exercícios de core (músculos da região central do corpo), de força, que podem ser feitos em um chão liso, bicicleta ou “transfer” (ou “transport”, aparelho de academia), que, às vezes, os atletas têm. Claro que não podemos dar a mesma alimentação de quando estão no “full” (completo) do exercício físico – disse o médico ao “Atenção, Vascaínos”.