Mitos e verdades sobre a tireoide

  •  
  •  
  •  
  •  

A tireoide é definida como um tipo de glândula que fica na frente da laringe, na garganta, e é responsável por liberar uma série de hormônios.

Como resultados, muitas verdades e mentiras acabam surgindo sobre essa glândula ou os efeitos dela no organismo.

Seguindo essa linha, descubra agora o que realmente é verdade ou não sobre a tireoide.

Vamos lá?

9 mitos e verdades sobre a tireoide

Crianças não tem problemas na tireoide.
Mito.

Ben White / Unsplash

Algo contrário do que algumas pessoas ainda pensam, os problemas na tireoide não acontecem apenas em adultos, ainda que seja mais comum.

Crianças de qualquer idade podem ter alguma alteração na glândula e, inclusive, é essencial o acompanhamento de um médico especializado.

Isso porque, é comum que crianças com problemas na tireoide tenham dificuldade para crescer ou mesmo comprometa o rendimento escolar.

Hipotireoidismo é comum:
Verdade.

Hipotireoidismo é definido como a disfunção da tireoide, o que causa uma série de distúrbios hormonais.

Importante: o teste do pezinho realizado logo que o bebê nasce, é capaz de detectar essa condição.

Segundo as pesquisas mais recentes, o hipotireoidismo atinge em torno de 12% dos brasileiros, o que é um número relativamente alto.

Mesmo que seja uma crença bastante comum, o hipotireoidismo não é capaz de causar a obesidade, o que significa um ganho de peso mórbido ou muito acima do comum.

Obesidade é uma causa do hipotireoidismo:
Mito.

Entretanto, a liberação hormonal disfuncional, causada pela tireoide, pode causar um ganho de peso mais acentuado.

O que isso quer dizer?

Em resumo, problemas na tireoide podem fazer você engordar um pouco ou mesmo dificultar o emagrecimento devido a retenção de líquidos, mas não causa obesidade.

Siora Photography / Unsplash

Justamente por essa questão, é essencial consultar um médico especializado para seguir os tratamentos indicados e garantir um peso mais saudável.

Problemas na tireoide são identificados através do sangue:
Verdade.

Para saber se você realmente tem ou não algum problema na tireoide, são necessários exames de sangue que confirmem a disfunção, semelhante ao que acontece no teste do pezinho.

Em suma, o exame de sangue é capaz de identificar as dosagens hormonais referente ao TSH e T4.

Em alguns casos, o médico pode solicitar novos ou outros exames para confirmar a condição e seguir o paciente até os tratamentos indicados.

Hipotireoidismo pode causar redução de peso:
Verdade.

Da mesma maneira que as alterações da tireoide podem causar um leve ganho de peso e retenção de líquidos, é possível que ocorra o inverso.

Nesses casos, a redução de peso costuma acontecer de forma rápida e descompensada, ou seja, mesmo que você continue com os mesmos hábitos e rotina.

Visto como um benefício ou mesmo vantagem para alguns pacientes, principalmente quando estão acima do peso, essa condição pode gerar uma série de problemas no organismo.

Por isso, se notar a redução de peso sem motivos ou de maneira rápida demais, consulte um médico especializado.

Cansaço física e/ou mental pode ter relação com a tireoide:
Verdadeiro.

Annie Spratt / Unsplash

Um dos principais sintomas que faz com que os pacientes procurem por um médico é o cansaço mental ou físico sem causa aparente.

Acontece que o hipotireoidismo pode causar sonolência excessiva, problemas na concentração, reduz o foco bem como a disposição e causa a sensação de cansaço, mesmo que você não tenha feito nenhuma atividade.

Em casos mais graves, quando os tratamentos indicados não são seguidos, o paciente também pode ter o ressecamento da pele e cabelos, sensações de tristeza e até alterações no fluxo intestinal.

Nódulos de tireoide são câncer:
Mito.

O câncer está entre as doenças mais temidas do mundo e, como resultado, o aparecimento de nódulos gera preocupação e, em alguns casos, o medo desnecessário.

Desse modo, é importante dizer que o aparecimento de nódulos na tireoide pode ou não ser câncer, não há uma regra.

Geralmente, esses nódulos não têm qualquer sintoma e são benignos, notados em exames de rotina.

Segundo pesquisas, 60% da população brasileira tem nódulo na tireoide em algum momento da vida, mas na maior parte dos casos são apenas nódulos benignos.

Hipotireoidismo pode causar depressão:
Verdade.

É comum que as alterações hormonais causadas pelo hipotireoidismo façam com que você tenha sintomas depressivos, como a tristeza, menor disposição e energia ou até irritabilidade.

Para entender melhor, em torno de um terço de pacientes com alterações na tireoide tem depressão devido a essa condição hormonal.

Fernando @dearferdo / Unsplash

Em síntese, isso acontece porque a glândula altera a quantidade de hormônios no sistema serotoninérgico e noradrenérdico.

Esses dois sistemas são importantes na questão de regular o humor, libido, raciocínio e até mesmo a memória.

Assim, é extremamente importante consultar um médico especializado para avaliar todo o seu caso e seguir com os tratamentos indicados, de acordo com a sua alteração hormonal e demais morbidades.

Detalhe: devido a essas alterações, o hipotireoidismo também tem relação com a impotência sexual, devido a redução da libido e até a menor produção de espermatozoides.

Mulheres que tem hipotireoidismo não podem engravidar:
Mito.

Ainda que o hipotireoidismo seja mais comum em mulheres e idosos, não existe nenhuma relação entre a alteração da glândula, especificamente, e a gravide.

Porém, algumas mulheres que tem alterações na tireoide tem sim maior dificuldade para ficarem grávidas.

Nesses casos, as alterações geralmente ocorrem quando os tratamentos indicados não são seguidos, o que pode resultar em infertilidade, tanto em homens como em mulheres.

Segundo médico especializado, qualquer mulher que tenha hipotireoidismo deve seguir as recomendações, cuidados e tratamentos, garantindo a qualidade de vida, saúde e a possiblidade de engravidar.

Em casos extremos, quando não é seguido o tratamento, o hipotireoidismo pode causar disfunção ovulatória, algo que pode ser revertido com tratamento médico.

Ignacio Campo / Unsplash

Conclusão

Existem muitas verdades e mitos que cercam as alterações na tireoide, mas seguir os tratamentos indicados por um médico especializado garante controle e bem-estar.

Por isso, fique atento a sinais, como nódulos e redução de peso, consulte o seu médico e tire todas as dúvidas que surgirem.

Até o próximo post!

You may also like...