Alerj reajusta Bilhete Único Intermunicipal a R$ 8

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Seis milhões de pessoas utilizam o benefício

Seis milhões de pessoas utilizam o benefício

A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) decidiu nesta quinta-feira (8) aumentar o valor do Bilhete Único intermunicipal a R$ 8 – restringindo o benefício a quem recebe até 3 salários mínimos – e manter o Renda Melhor e Renda Melhor Jovem.

O fim dos programas sociais havia sido proposto pelo Governo dentro do pacote de austeridade. O governo também propôs o aumento do valor do Bilhete Único, que atualmente é de R$ 7, para R$ 7,50.

O benefício do Bilhete Único ficará restrito àqueles que têm salários de até R$ 3 mil. A aprovação foi muito criticada por deputados como o ex-secretário de transportes Osorio (PSDB), que votou contra.

O aumento do Bilhete Único seria votado na quarta (7), mas foi retirado de pauta e voltou modificado nesta quinta. Inicialmente, o aumento seria pra R$ 7,50.

O deputado Zaqueu Teixeira (PDT) celebrou a decisão de seus pares em manter os programas sociais Renda Melhor e Renda Melhor Jovem. O parlamentar criticou a proposta do governador Luiz Fernando Pezão.

Com informações do portal G1

You may also like...