Base do Corpo de Bombeiros é inaugurada em Itaipuaçu

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Apenas 8 dias após a assinatura do convênio entre a Prefeitura de Maricá e o Corpo de Bombeiros do Estado do Rio foi inaugurada, na manhã desta terça-feira (04/07), a base do Corpo de Bombeiros no distrito de Itaipuaçu. Com o objetivo de sanar eventuais dificuldades na segunda feira (03/07), em caráter experimental, a nova unidade já estava em funcionamento e em menos de 24h, graças à localização, já havia realizado quatro atendimentos na região, incluindo acidentes de trânsito.

O prefeito Fabiano Horta, acompanhado da deputada estadual Rosangela Zeidan, do presidente da Câmara dos Vereadores, Aldair de Linda, de secretários municipais e vereadores, vistoriou as instalações que funcionam onde hoje também operam o Destacamento de Policiamento Ostensivo (DPO) da Polícia Militar e o posto da Guarda Municipal na localidade do Barroco.

O prefeito agradeceu ao comandante dos Bombeiros de Maricá, major Gilvane Dias, ao comandante geral dos Bombeiros, coronel Ronaldo Alcântara e ao tenente Mauricio Motta e falou da satisfação da Prefeitura em fazer parte deste movimento.

“Sabemos da dificuldade do translado do Centro de Maricá até Itaipuaçu para fazer um atendimento de socorro”, afirmou.

“Os vereadores viviam solicitando para que trabalhássemos nesta direção e junto com o Major Dias e o comando da corporação na semana passada concluímos esse processo importante para Itaipuaçu”, completou.

“Quando cheguei aqui, hoje, a viatura estava saindo para atender a um chamado, entre as ruas 34 e 70. E, com isso, nós vemos na prática a importância da presença desta base em Itaipuaçu”, frisou Fabiano. “A Prefeitura, além de ceder o posto compartilhado vai arcar com o custo dos profissionais que aqui estão. Considero esse um gesto muito pequeno, mas que ao mesmo tempo é gigante, pois irá salvar vidas e dar velocidade no atendimento da região. Não tenho dúvidas de que Itaipuaçu hoje fica feliz e garanto que nós vamos avançar muito mais”, destacou o prefeito.

“Em dois anos à frente do destacamento pude notar a dificuldade de atendimento em virtude da distância percorrida entre o quartel e Itaipuaçu”, afirmou o major Gilvane. “Buscando solucionar essa dificuldade elaborei esse projeto e venho tentando colocá-lo em prática”, completou. “Em uma reunião na qual tratamos da preocupação do prefeito com a quantidade de focos de fogo em vegetação em Maricá, tive a oportunidade de apresentar a ele o projeto”, prosseguiu. Ainda segundo o major, o prefeito imediatamente encampou a ideia, disponibilizando pessoal e recursos.

A deputada Rosangela Zeidan adiantou outro projeto para o bairro em parceria com a Prefeitura, referindo-se à instalação de um posto do Detran na cidade. “Itaipuaçu é um distrito muito grande. Por isso, é uma região que merece ter postos de atendimentos devido a sua distância com o Centro e por isso, nós estamos trazendo também, em breve, uma unidade do Detran para cá”, anunciou.

“Itaipuaçu necessita destes postos, seja do Corpo de Bombeiros, Detran, entre outros, que nós precisamos evoluir como a questão da segurança pública, como a contratação de policiais para aumentar o efetivo em Maricá e a implantação da Companhia independente, mais uma parceria que o prefeito assumiu e que vamos conseguir executar no seu mandato”, concluiu a deputada.

O destacamento do Corpo de bombeiro de Itaipuaçu conta com quatro profissionais. São dois combatentes, um motorista e uma técnica de enfermagem, todos bombeiros. Os combatentes lidam com toda parte de incêndio e salvamento, a técnica de enfermagem com todo suporte básico de vida. E, com exceção da função de motorista, todos os outros bombeiros trabalham em conjunto durante o atendimento.

Adquirida na França, a viatura presente na base de Itaipuaçu é uma ATE009 (Auto Tático de Emergência), ela tem múltipla função, podendo realizar o trabalho de três viaturas. É ao mesmo tempo um carro de combate a incêndio, já que conta ainda com um tanque de 1.000 litros de água; um carro de primeiro atendimento, em emergências que pode ser usada para salvamento em altura, salvamento em montanhas e resgate; como também um carro de atendimento médico.

A parte traseira da viatura é destinada somente para esse tipo de atendimento, com desfibrilador e cilindro de oxigênio, entre outros equipamentos. A ideia dessa ambulância é manter e fazer o suporte básico da vitima, mantendo o acidentado com vida até a chegada de uma unidade avançada. A viatura também pode fazer uma remoção.

“A população tende a ganhar rapidez e agilidade. O serviço que já era prestado, agora o será de maneira muito mais eficiente. A região de Itaipuaçu vai se sentir muito mais segura, ciente que em menos de 10 minutos vai ter uma viatura do Corpo de Bombeiros para qualquer emergência de incêndio, resgate, qualquer acidente automobilístico”, destacou Major Dias.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *