Defesa Civil de Niterói ganha nova sede

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

defesa civil niteroiA Defesa Civil vai ganhar uma nova sede na próxima quarta-feira (23/12). O órgão vai se instalar numa casa de dois andares, no Centro, representando mais um investimento da atual gestão da Prefeitura de Niterói para transformar o município em cidade resiliente, com infraestrutura para prevenir e enfrentar emergências.

A nova sede, além de garantir melhores condições de trabalho para os funcionários, tem um espaço que será estratégico para o planejamento do órgão: o Centro de Monitoramento e Operação da Defesa Civil, com câmeras que serão integradas às do Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp) e que está em fase de implementação.

No primeiro andar da casa ficam a administração, protocolo, área de geoprocessamento e auditório com 50 lugares para palestras e treinamentos. Já o segundo pavimento conta com copa, cozinha, dois alojamentos,uma sala de integração para órgãos voluntários, como a Cruz Vermelha; sala de minimização de riscos, ensino e pesquisa; o Centro de Monitoramento e gabinete de situação. Está previsto também a implantação de um centro de treinamento na área externa do imóvel.

Desde 2013, a Prefeitura de Niterói investe num conjunto de iniciativas para transformar a cidade em resiliente. A atual gestão já realizou 40 obras de contenção de encostas em áreas de risco, com investimentos de cerca de R$ 40 milhões. A expectativa é que sejam realizadas mais 40 obras de contenção até o final de 2016, com recursos de R$ 103 milhões que estão em fase de captação no Ministério das Cidades. Já foram concluídas obras nos morros do Bonfim, no Fonseca, do Palácio, no Ingá; na Rua Machado, no Caramujo; na comunidade Grota do Surucucu, em São Francisco; na Rua Ponte Ribeiro, no bairro de Fátima, e no Morro do Holofote, no Barreto, entre outras.

Já foram implantadas estações meteorológicas, sistema de sirenes e alertas em 25 áreas de risco, e núcleos de Defesa Civil dentro das comunidades, os Nudecs. Paralelamente, a administração está construindo unidades habitacionais para as famílias que vivem em áreas de risco, dentro do programa Morar Melhor, que prevê a construção de 5 mil moradias até o final de 2016.

Essas ações são fundamentais para que Niterói possa enfrentar as tragédias climáticas e para que vidas não sejam perdidas. Todas as obras só foram possíveis com a parceria do governo federal, e permitirão que as pessoas possam ter tranquilidade para viver em seus bairros e em suas comunidades.

Leia também

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *