Fla-Flu repete 1942 e acaba sem gols em São Paulo

  •  
  •  
  •  
  •  
Sem ritmo, Fred sobe mais que Rodinei. Atacante do Flu passou em branco (Nelson Perez / FFC)

Sem ritmo, Fred sobe mais que Rodinei. Atacante do Flu passou em branco (Nelson Perez / FFC)

Pacaembu cheio, em preto e vermelho e, também verde, branco e grená. O cenário para um Fla-Flu na capital paulista era dos melhores, com torcida mista, céu azul e a rivalidade sadia do clássico carioca. Mas as duas torcidas e os paulistas mereciam melhor jogo. Como em 1942, faltou bola na rede – e muita inspiração.

As melhores chances foram em bola parada. Na tabela, menos mal para o Rubro-Negro, que fica na vice-liderança da Taça Guanabara, atrás do Vasco, com dois pontos a menos – quatro na tabela. O Flu, com dois clássicos e dois empates, tem dois pontos.

Primeiro tempo

Duas posturas distintas foram registradas em São Paulo. O Flamengo, cansado depois da derrota vexatória por 1 a 0 para o Confiança-SE, pela Copa do Brasil, no meio da semana segurou mais a equipe e buscou os contra-ataques, enquanto o Fluminense ditou o ritmo de partida e permaneceu com o controle da posse de bola.

Cirini, substituído e vaiado no segundo tempo disputa bola com Wellington Silva (Nelson Perez / FFC)

Cirini, substituído e vaiado no segundo tempo disputa bola com Wellington Silva (Nelson Perez / FFC)

Nas chances de gol, no entanto, os dois times se equilibraram. Wallace parou em Diego Cavalieri aos 13min, na principal oportunidade do Flamengo durante a etapa inicial. Pelo lado do Fluminense, Fred não alcançou por centímetros a bola cruzada por Scarpa aos 22min, enquanto Cícero, completamente livre aos 29 min, desperdiçou a cabeçada para abrir o placar.

Segundo tempo

Logo na no início da segunda etapa, um contra-ataque do Flu poderia ter sido mortal. Scarpa, na entrada da área, tinha Fred de um lado e Diego Souza do outro. Optou pelo chute, defendido sem dificuldade pelo goleiro rubro-negro Paulo Victor. Logo depois foi a vez de Emerson Sheik finalizar muito mal após uma saída errada de bola de Gum.

Diego Souza mais uma vez fez partida abaixo do esperado e foi presa fácil para o colombiano Cuellar, do Fla (Nelson Perez / FFC)

Diego Souza mais uma vez fez partida abaixo do esperado e foi presa fácil para o colombiano Cuellar, do Fla (Nelson Perez / FFC)

Ninguém parecia estar com a mira em dia. Levir Culpi tirou Fred aos 12’. Diego Souza saiu dez minutos depois. Muricy manteve seu trio de ataque até os 30, quando Gabriel substituiu o vaiado Marcelo Cirino. Alan Patrick ainda teve uma uma falta na meia lua da área. Mas ele acertou a barreira. Gol no Fla-Flu, em São Paulo, talvez só na próxima.

Times

flamengoFlamengo: Paulo Victor; Rodinei, Wallace, Juan e Jorge; Cuéllar; Willian Arão, Ederson (Alan Patrick, 25’/2T), Marcelo Cirino (Gabriel, 28’/2T), Emerson Sheik e Guerrero – Técnico: Muricy Ramalho.

flu escudoFluminense : Diego Cavalieri, Jonathan, Gum, Henrique e Wellington Silva; Pierre e Cícero; Gerson, Diego Souza (Marcos Júnior, 21’/2T) e Gustavo Scarpa (Magno Alves, 40’/2T); Fred (Osvaldo, 12’/2T) – Técnico: Levir Culpi.

Próximo jogo

Depois do segundo encontro na temporada, Flamengo e Fluminense agora se concentram na fase decisiva da Primeira Liga, torneio que terá as semifinais disputadas na próxima quarta-feira.

A partir das 19h30 (de Brasília), o Fluminense recebe no Mané Garrincha, na capital federal, o Internacional. O Flamengo, por outro lado, encara o Atlético Paranaense em Juiz de Fora, às 21h30.

You may also like...