Niterói terá sistema que permite o registro de ocorrências policiais por meio de um terminal de autoatendimento

  •  
  • 31
  •  
  •  
    31
    Shares



segurancaniteroi

Fernando Veloso e Rodrigo Neves durante reunião

Whats125-125O prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, recebeu na tarde desta quinta-feira (8.10), no Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp), a visita do chefe de Polícia, Fernando Veloso, e dos delegados de todas as delegacias de Niterói e São Gonçalo. No encontro Veloso anunciou que Niterói será a primeira cidade do estado a receber o projeto de instalação de totens, onde o cidadão poderá fazer registros de ocorrência por meio de um terminal de autoatendimento.

Rodrigo Neves informou que os terminais serão instalados no Cisp e na sede administrativa da prefeitura, e que a previsão para o início da operação e dentro de três meses.

“Esse é mais um encontro de trabalho que a prefeitura realiza em parceria com Polícia Civil, de muitos que foram realizados nos últimos dois anos. Entre os assuntos alinhados está a instalação dos terminais para que a população possa fazer o registro eletrônico das ocorrências. Nós sabemos que um grande desafio para a segurança pública é que a população faça o registro. A polícia não tem como agir se as ocorrências não forem registradas. Com essas duas alternativas, estaremos possibilitando o registro eletrônico, facilitando ainda mais a ação da polícia e dando comodidade ao cidadão”, disse o prefeito.

Fernando Veloso explicou que os totens são um projeto concebido pela Polícia Civil dentro de uma série de iniciativas que visam aproximar a sociedade da instituição.

“Pretendemos estender para todo o Estado do Rio, mas trouxemos essa oportunidade para o prefeito Rodrigo Neves em função da linha de atuação dele nessa parceria com a força policial. Estou otimista de poder começar por Niterói”, destacou.

segurancaniteroi1O chefe de Polícia disse ainda que o cidadão poderá registrar qualquer tipo de ocorrência, até mesmo extravio de documentos.

“O sistema é muito simples. O usuário vai fornecer um email, seguir um passo a passo e no final recebe cópia do registro em um arquivo pdf. Todas as informações dos totens vão migrar para uma base de dados, que é a base que a segurança pública usa para fazer um planejamento maior. Daremos conveniência ao cidadão, melhoraremos a base de dados da polícia, o sistema ajudará a PM a pensar em como distribuir o seu efetivo. Enfim, são avanços que nós estamos conseguindo e que estão acontecendo em razão da integração que a Prefeitura de Niterói promove com as polícias. Agradecemos o apoio que o prefeito nos dá, reafirmo o nosso compromisso e a nossa parceria, e não tenho dúvidas em afirmar para a população que ela pode esperar bons resultados. A sociedade de Niterói terá mais um mecanismo para poder usar o serviço da polícia”, afirmou o Veloso.

Os policiais também assistiram a uma apresentação sobre o funcionamento do Cisp. Foi alinhado um fluxo de procedimentos entre o Cisp e a Polícia Civil, que dará mais agilidade na obtenção de informações para as ações policiais.

“O Cisp está criando a partir de hoje um procedimento específico com relação à Polícia Civil para obtenção de imagens e identificação de situações que possam auxiliar as investigações no município”, anunciou o prefeito.

Rodrigo Neves também ressaltou uma terceira parceria com a Polícia Civil. “A prefeitura terá acesso a todos os registros de roubo e furtos da Polícia Civil, para que o sistema de monitoramento inteligente do Cisp se aprimore ainda mais, no sentido de apoiar as polícias Civil e Militar no enfrentamento à violência urbana”, disse Neves.

O prefeito afirmou ainda que a atuação conjunta é percebida pela população da cidade.

“São três ações importantes alinhadas nesse encontro, para além de outras ações que foram conversadas e que serão desenvolvidas na cidade dentro da parceria com a Polícia Civil. Tenho certeza que as ocorrências mais recentes, que ainda não foram elucidadas, serão solucionadas com o trabalho dedicado dos delegados e policiais que atuam em Niterói. O mais importante é que a sociedade tenha convicção de que as forças públicas estão atuando conjuntamente para que Niterói possa cada vez mais ser uma cidade segura e boa para viver”, afirmou o prefeito.

Além dos delegados titulares de todas as delegacias de Niterói e São Gonçalo, também participaram o diretor de Policiamento de Área, Sérgio Caldas; o delegado Gabriel Poiava, da Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo; o secretário municipal de Ordem Pública, Marcos Jardim, e o diretor do Cisp, Agdan Fernandes.

You may also like...