Polo automotivo gera mais de 10 mil vagas no Estado

  •  
  •  
  •  
  •  
Marcelo Horn / Divulgação

Marcelo Horn / Divulgação

No Estado do Rio, quatro municípios integram o polo automotivo. Com incentivos concedidos pelo Governo do Rio, montadoras de veículos, instaladas ou em instalação, já somam investimentos acima de R$ 12 bilhões e geram mais de 7 mil empregos. Além disso, cerca de 15 indústrias da cadeia produtiva, que estão na região, investem mais de R$ 2 bilhões e oferecem mais de 3 mil vagas.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Marcos Capute, ressaltou que o Rio de Janeiro reúne uma série de fatores atrativos: um dos maiores mercados consumidores nacionais, infraestrutura portuária e rodoviária, proximidade de São Paulo e Minas Gerais e mão de obra qualificada.

“O polo automotivo corresponde a cerca de 10% da atividade industrial do estado. Fomentar a atração de indústrias do setor gera emprego e renda para a população fluminense, além de estimular a economia, através da atração da cadeia de fornecedores e prestação de serviços nas empresas instaladas”, explicou Capute.


Ônibus –
No município de Resende estão instaladas a MAN Latin America, que produz ônibus e caminhões, e a Nissan, que fabrica carros e motocicletas. Em Porto Real, opera a fábrica de veículos PSA Peugeot Citroën. Itatiaia abriga a Hyundai Heavy Industries, onde são montados tratores e máquinas pesadas e, em breve, a fábrica de veículos Jaguar/Land Rover começará a operar. Já em Três Rios, no Centro-Sul, está a Neobus. Juntas, as seis empresas geram cerca de 10 mil empregos e têm capacidade para produção de aproximadamente 630 mil veículos por ano.

Duque de Caxias, na Região Metropolitana, abriga outra unidade da Neobus e a Ciferal, que fabricam plataformas para ônibus.

You may also like...