Itaboraí realiza II Seminário de Envelhecimento e Saúde

  •  
  •  
  •  
  •  

Cerca de 200 profissionais de diversas secretarias municipais de Itaboraí participaram, nesta terça-feira, do II Seminário de Envelhecimento e Saúde, realizado no Clube Vera Gol, em Outeiro das Pedras.
O evento faz parte das comemorações da Semana Municipal do Idoso, iniciada no último dia 6 de outubro, e cuja programação na cidade foi estendida até o dia 24. A ação foi realizada pela secretaria municipal de Saúde, em parceria com as pastas de Habitação e Políticas Sociais, e de Desenvolvimento Social.

Segundo a coordenadora do programa Saúde do Idoso, Vânia Rogéria Antunes, o seminário visa discutir o processo de envelhecimento e também debater a respeito dos tipos de violência relacionadas à terceira idade, buscando facilitar a identificação dos tipos de atos violentos cometidos contra a pessoa idosa e sensibilizar os profissionais que compõem a rede sócio assistencial e a sociedade. Além de criar um espaço de discussão e de ações que colaborem com a segurança e o bem estar da população idosa do município.

“Temos que nos adequar em função da realidade atual, onde as pessoas estão vivendo mais, e nós precisamos nos preparar para isso. Espero que todos possam absorver cada palavra e conhecimento dos palestrantes aqui presentes”, disse Vânia Rogéria, que discursou sobre o histórico da implantação do programa Saúde do Idoso, de 2009 até os dias atuais, seus objetivos, serviços oferecidos, dificuldades e outros.

Na parte da manhã, ocorreu a mesa de debate “Panorama do Envelhecimento no Brasil e no Mundo – O Idoso Frágil”, com a professora doutora em Neurologia Vilma Câmara, mediada pela coordenadora do Núcleo de Educação Permanente (NEPS), Rosângela Martins.

“Primeiramente gostaria de agradecer pelo convite e parabenizar este município, que se preocupa com o envelhecimento da população, tendo como base legal a Política Nacional de Saúde da Pessoa Idosa, uma deliberação do Ministério da Saúde. Eu gosto de dizer que as duas vantagens de ser idoso é poder driblar a morte e fazer história. Por isso, temos que resgatar essas histórias, motivando-os e elevando sua autoestima”, frisou Vilma Câmara, 75 anos.

À tarde, a mesa “Violência Contra a Pessoa Idosa”, ministrada pela professora da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) Maria Helena de Jesus, contou com a participação da assistente social do programa Saúde do Idoso, Maria Aparecida do Nascimento; da coordenadora do plantão do Serviço Social da Atenção Básica, Márcia Sardinha; da assistente social do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), Angeli da Silva, do coordenador municipal do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Ronaldo Figueiredo e da coordenadora do setor de Serviço Social do Hospital Municipal Desembargador Leal Júnior, Michelle Siqueira.

Quem aprovou as palestras foi a médica Mariurgis Yala, da Estratégia Saúde da Família (ESF) de Quissamã. Ela é uma das cubanas que chegaram ao município por meio do Programa Mais Médicos.

“Consegui entender tudo, mesmo não sendo tão familiar a língua portuguesa. Aprendemos aqui a parte teórica para colocarmos em prática em nossos setores de trabalho”, destacou Yala.

Já para a enfermeira chefe do ESF de Joaquim de Oliveira, Marcelle Nascimento, o seminário foi produtivo, pois capacita os servidores que trabalham diretamente com usuários idosos, assim, melhorando a atuação profissional.

“Eu vim representando o ESF de Joaquim de Oliveira, mas, como sempre, vou repassar para toda equipe, uma espécie de formação continuada”, comentou Marcelle.

A programação contou ainda com a apresentação do grupo de teatro amador, do Méier,  Voz Que Clama, com a peça “Tigela de Madeira”, que interpretou sobre a violência contra a pessoa idosa. Ao final, todos os participantes receberam certificado de participação.

No dia 24, a Semana Municipal do Idoso será finalizada em Itaboraí com uma roda de conversa sobre “Sexualidade na Terceira Idade”, destinada aos aposentados e pensionistas do Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores do Município de Itaboraí (Itaprevi).

You may also like...