Polícia do Rio apreende um fuzil, 10 pistolas e 11 revólveres por dia em 2015

  •  
  • 105
  •  
  •  
    105
    Shares

Mais uma vez, o número de armas apreendidas pela Polícia no Estado do Rio de Janeiro aumentou.

apreensao de armas e drogas 006Nos primeiros cinco meses deste ano a Polícia fluminense apreendeu 3.989 armas de fogo, o que representa um aumento de 11% em relação ao mesmo período do ano passado, ou seja, 383 armas a mais. Isso significa que, este ano, até maio, foram apreendidos por dia, no estado, um fuzil, 10 pistolas e 11 revólveres. 

Das 3.989 armas de fogo apreendidas, 1.683 eram revólveres, representando 42% do total; 1.533 eram pistolas (39%); 174 fuzis (4%) e 49 metralhadoras e submetralhadoras (1%). As pistolas e revólveres são responsáveis por 81% de todas as apreensões do estado.

A apreensão de pistolas cresceu 35% nos cinco primeiros meses deste ano quando comparado com os cinco primeiros meses de 2014, representando mais 309 armas apreendidas. Já os fuzis tiveram um aumento de 51% no mesmo período, ou seja, 59 armas a menos nas mãos do crime.

A capital do estado concentrou a maior parte (72%) das apreensões de fuzis em 2015. Do total das 174 apreensões, 56% foram concentrados nas AISP 3 (Água Santa, Tomás Coelho e Piedade), 9 (Rocha Miranda, Coelho Neto e Madureira), 14 (Bangu e Senador Camará) e 41 (Vicente de Carvalho, Costa Barros, Acari e Ricardo de Albuquerque).

Todos os bairros mencionados possuem comunidades que ainda não foram contempladas pelo processo de pacificação. Ainda em relação à apreensão de fuzis nos bairros mencionados, foram identificadas algumas comunidades que integram os chamados conjuntos de favelas: Complexo do Dezoito (AISP 3); Complexo da Serrinha (AISP 9); Complexo de Camará (AISP 14); e Complexo do Chapadão, Juramento e Pedreira (AISP 41).

Das 1.533 pistolas apreendidas no estado, cerca de 50% delas ocorreram nas Áreas Integradas de Segurança Pública (AISP) 7 (São Gonçalo), 9 (Rocha Miranda, Coelho Neto e Madureira), 12 (Niterói e Maricá), 14 (Bangu e Senador Camará), 15 (Duque de Caxias), 20 (Nova Iguaçu, Mesquita e Nilópolis), 25 (Cabo Frio, Saquarema e Armação de Búzios) e 41 (Vicente de Carvalho, Costa Barros, Acari e Ricardo de Albuquerque).

A partir deste mês, o Instituto de Segurança Pública (ISP) passa a divulgar mensalmente a apreensão de armas de fogo por categoria (fuzil, metralhadora e submetralhadora, pistola, revólver) e região do estado. A divulgação segue um novo modelo de visualização e disponibilização de dados pelo ISP, que tem como objetivo aumentar a transparência e facilitar o acesso pelos usuários.

A análise foi elaborada com base nos microdados das informações disponíveis nos registros de ocorrências das delegacias de Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro e associados a informações da Coordenadoria de Inteligência da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro.

You may also like...